A economia está a dar sinais de retoma e as empresas já estão a preparar o novo ciclo, embora com otimismo moderado. Estudo da Mercer revela que estão a contratar e predispostas a incrementar os salários em 2022.