rr.sapo.ptOpinião de Ribeiro Cristovão - 15 set. 07:15

O começo podia ser melhor. E hoje?

O começo podia ser melhor. E hoje?

Surpreendendo Jorge Jesus, o técnico da equipa ucraniana “ofereceu” o jogo ao seu adversário lisboeta. Hoje, o Sporting recebe o Ajax em Alvalade, enquanto o Futebol Clube do Porto está em Madrid para ali defrontar o Atlético.

Mircea Lucescu, velha raposa do futebol mundial, que tem no seu currículo passagens por alguns dos melhores clubes mundiais, foi ontem à noite o grande obreiro do empate alcançado pela equipa do Dínamo de Kiev frente ao superfavorito Benfica.

Surpreendendo Jorge Jesus, o técnico da equipa ucraniana “ofereceu” o jogo ao seu adversário lisboeta, deixando-o ter expressiva posse de bola, mas sem no entanto lhe consentir a criação de grandes oportunidades de golo.

E foi até nos derradeiros minutos do jogo que o Dínamo poderia ter ferido de morte o onze benfiquista, forçando o mais recuado sector da equipa portuguesa a situações muito delicadas, que poderiam, inclusive, ter ferido a verdade do encontro.

Ou seja, tendo o Benfica sido o dono do jogo, e por isso considerado o mais justo vencedor, a verdade é que não teve capacidade para regressar a Lisboa com três pontos preciosos, que lhe dariam outro embalo para as cinco jornadas que ficam agora por disputar.

Hoje à noite, à mesma hora, teremos duas estreias na edição deste ano da Liga dos Campeões.

O Sporting recebe o Ajax em Alvalade, enquanto o Futebol Clube do Porto está em Madrid para ali defrontar o Atlético, poderosa equipa, sempre pretendente a chegar o mais longe possível na mais importante competição de clubes do velho continente.

Quanto ao Sporting trata-se do regresso à Champions depois de uma longa ausência que muito contribuiu para a menorização do clube leonino nos tempos recentes mais conturbados.

Com um rosto novo e diferente para melhor, a equipa de Rúben Amorim suscita por isso a maior expectativa quanto ao seu jogo desta noite.

O Ajax é uma equipa forte, de grande qualidade, com pergaminhos na Europa, que impõe respeito ao campeão português. Não vai ser fácil esta estreia dos leões, podendo da mesma saírem dados muito adequados para através dos mesmos se poder avaliar o futuro.

Por seu lado, os portistas têm um traquejo internacional que muito os pode ajudar no embate no Arena em Madrid. Mesmo sem estar ainda em grande momento de forma, os dragões poderão dar sinais mais fortes quanto à possibilidade de conseguir uma temporada marcada pelo sucesso.

É, pois, com cautelas que temos de aguardar os desafios desta quarta-feira, sem previsões eufóricas, mas também sem tentar adivinhar que as nossas duas equipas entram derrotadas.

NewsItem [
pubDate=2021-09-15 06:15:53.0
, url=https://rr.sapo.pt/artigo/ribeiro-cristovao/2021/09/15/o-comeco-podia-ser-melhor-e-hoje/253209/
, host=rr.sapo.pt
, wordCount=375
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_09_15_108764920_o-comeco-podia-ser-melhor-e-hoje
, topics=[ribeiro cristovão, opinião]
, sections=[opiniao]
, score=0.000000]