pplware.sapo.ptpplware.sapo.pt - 22 jul 01:30

Depois das criticas, Tesla reduz preço do upgrade para o Full Self-Driving

Depois das criticas, Tesla reduz preço do upgrade para o Full Self-Driving

Para dar uma resposta, a Tesla tomou uma posição firme e reduziu o preço do upgrade do Full Self-Driving. Muitos não o consideram suficiente.

A chegada do Full Self-Driving, ainda que na forma de um serviço de subscrição, veio mudar muito no universo da Tesla. Muitos condutores perceberam nesse momento que afinal, e ao contrário do esperado, os seus carros elétricos não o poderia usar.

Mesmo com a razão apresentada e explicada aos clientes, a Tesla não se livrou de duras críticas. Para dar uma resposta a esta situação, a marca resolveu tomar uma posição firme e reduziu o preço do upgrade necessário. Muitos ainda não o consideram suficiente.

Os planos da Tesla são claros no que toca à condução autónoma. A marca quer usar o hardware que tem presente nos seus carros e dar aos utilizadores a tecnologia necessária para conseguir fazer do seu Full Self-Driving um sucesso.

Para ajudar a alargar esta visibilidade, a Tesla apresentou no final da passada semana um novo modelo para este seu serviço. O Full Self-Driving pode agora ser também subscrito como um serviço mensal, com um custo de 199 dólares.

Para isso os carros elétricos da marca necessitam ter o que é designado por Hardware 3.0, algo que muitos pensavam ter presente, conforme a marca tinha indicado. A verdade é que muitos descobriram agora que vão necessitar de pagar 1500 dólares para o necessário upgrade.

Esta realidade levou a que muitos criticassem a Tesla, uma vez que a marca tinha afirmado que este seria um hardware presente. A marca acabou por tomar agora uma posição e alterou o preço desta atualização. Segundo o que se pode ver na app da marca, passou dos 1500 dólares para 1000 dólares.

Clientes da Tesla estão furiosos por terem de pagar o upgrade para ter o Full Self-Driving

Os clientes que marcaram já a instalação deste upgrade parecem estar coberto por este desconto, que será aplicado posteriormente. Curiosamente, uma análise recente a este hardware, revelou que o seu custo de produção é de apenas 190 dólares, mantendo, no entanto, de fora os custos de desenvolvimento e investigação.

Mesmo com esta redução, há ainda muitos clientes que se consideram enganados. A opinião geral é que a Tesla deveria converter este custo do upgrade em mensalidades para o Full Self-Driving, devolvendo assim o valor investido aos seus clientes.

NewsItem [
pubDate=2021-07-22 00:30:09.0
, url=https://pplware.sapo.pt/motores/depois-das-duras-criticas-tesla-reduz-o-preco-do-upgrade-para-ter-o-full-self-driving/
, host=pplware.sapo.pt
, wordCount=358
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_07_22_681084885_depois-das-criticas-tesla-reduz-preco-do-upgrade-para-o-full-self-driving
, topics=[tecnologia, motores, upgrade, tesla, full self driving, clientes, carros]
, sections=[desporto, ciencia-tecnologia]
, score=0.000000]