www.jn.ptjn.pt - 22 jul 02:22

Costa promete dedicação plena no SNS em piscar de olhos para o Orçamento

Costa promete dedicação plena no SNS em piscar de olhos para o Orçamento

Primeiro-ministro garante vínculo de profissionais e mais investimento, mas BE critica falta de fôlego.

Com toda a Oposição artilhada contra o Governo no debate do estado da nação, o primeiro-ministro procurou, logo na intervenção inicial, ganhar vantagem, anunciando medidas, também num piscar de olhos aos parceiros de negociação da Esquerda quando se aproxima a batalha para o próximo Orçamento do Estado (OE). O maior trunfo que lançou foi a vacinação de 570 mil crianças e jovens contra a covid-19 até 19 de setembro. Mas comprometeu-se também a vincular precários, a avançar na dedicação plena dos profissionais de saúde, prometeu 900 milhões de euros para o "sucesso escolar" nos próximos dois anos e realojar 26 mil famílias até 2024.

As outras bancadas criticaram a gestão da pandemia, a falta de apoios a trabalhadores e empresas e de investimento na Saúde , para além das polémicas em torno de ministros e nomeações. E insistiram na saída do ministro Eduardo Cabrita.

"Política de mínimos"

Para Catarina Martins, coordenadora do BE, o Governo "parece pouco disponível para outro fôlego" e tem "uma política de mínimos".

O líder do PCP, Jerónimo de Sousa, que já atacou a Altice, diz "não ser aceitável o silêncio do Governo" perante "a chantagem com despedimentos coletivos ou outros atropelos". E exigiu resposta para as moratórias bancárias. Siza Vieira disse que estas se manterão enquanto for necessário.

PUB

Por sua vez, Costa disse que propôs à concertação social uma "agenda para o trabalho digno". Também aproveitou para apontar o reforço do Serviço Nacional de Saúde (SNS) em 24%: mais 28 984 profissionais, "4366 desde final do ano passado". Agora, "importa assegurar a sua vinculação através dos concursos já abertos e iniciar a concretização do regime de dedicação plena", destacou. E reforçou que "aquelas contratações precárias podem tornar-se vinculadas mediante os concursos já abertos e que permitem a integração de todos eles".

São 1,3 mil milhões de euros do Plano de Recuperação e Resiliência para a saúde, recordou. Mas Catarina Martins crê que apenas se "muda o investimento" já previsto "de um sítio para o outro e não se fortalece o SNS como ele precisava".

Costa também procurou antecipar críticas ao recordar o "ambicioso plano de recuperação das aprendizagens" para compensar a suspensão das aulas presenciais. Insistiu na promessa de "habitação condigna" para famílias com carência. Revelou que há acordos assinados com 71 municípios e são cerca de 180 os que têm estratégias em preparação. Promete o "realojamento de 26 mil famílias até 25 de abril de 2024."

Não conhecia despacho

Já o líder da bancada do PSD, Adão Silva, acusa o Executivo de dar "uma bazuca de dinheiro dos contribuintes" à TAP, Novo Banco e EDP, quando diz faltar dinheiro para empresas: "só nestes três casos, vão para já mais de 12 mil milhões de euros de impostos".

Já o CDS perguntou a Costa se Cabrita assinou à sua revelia um despacho a autorizar os festejos do Sporting. O primeiro-ministro respondeu a Cecília Meireles que "não conhecia" qualquer despacho, nem deu "nenhuma instrução".

Direita é "preguiçosa"

O encerramento coube ao ministro dos Negócios Estrangeiros, Santos Silva, que acusou a Direita de "ladainha repetitiva" e de "preguiçosa" por não apresentar alternativas. E contestou a revisão constitucional e do sistema eleitoral propostas pelo PSD. O tempo "não é de assimilar a agenda populista ou normalizar o discurso de ódio, é de construir soluções políticas capazes de apoiar e acelerar a recuperação nacional".

Pelo Chega, André Ventura disse que Costa devia "pedir desculpas por ter falhado na missão de proteger os portugueses e a economia". E Cotrim Figueiredo, da Iniciativa Liberal, acusou o Governo de "narrativas enganadoras e desinformativas".

NewsItem [
pubDate=2021-07-22 01:22:00.0
, url=https://www.jn.pt/nacional/costa-promete-dedicacao-plena-no-sns-em-piscar-de-olhos-para-o-orcamento-13962823.html
, host=www.jn.pt
, wordCount=590
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_07_22_435682580_costa-promete-dedicacao-plena-no-sns-em-piscar-de-olhos-para-o-orcamento
, topics=[estado da nação, parlamento, nacional, estado da na��o]
, sections=[sociedade]
, score=0.000000]