visao.sapo.ptvisao.sapo.pt - 22 jul 16:31

Visão | Presidente angolano lamenta morte prematura do general Nguto

Visão | Presidente angolano lamenta morte prematura do general Nguto

O Presidente angolano, João Lourenço, expressou hoje pesar pela morte do general Jorge Barros Nguto, considerando que a sua perda foi prematura e deixa consternados familiares, amigos e companheiros de armas

O antigo Chefe de Estado Maior General Adjunto das Forças Armadas Angolanas (FAA) para a área Operativa e Desenvolvimento faleceu na madrugada de quarta-feira em Luanda, vítima de doença.

“Com muito pesar recebi a infausta notícia do falecimento do General Jorge Barros Nguto, que durante 47 anos serviu o braço armado do povo angolano”, escreveu João Lourenço, numa nota divulgada pelos seus serviços de imprensa.

 Tendo feito o Curso Superior de Tropas Blindadas, na Rússia, o general Nguto exerceu importantes cargos nas Forças Armadas Angolanas, entre eles o de adjunto do Chefe do Estado-Maior General para a Área Operacional e de Desenvolvimento e Chefe do Estado-Maior do Exército. 

 “A sua perda prematura, quando muito ainda podia dar à pátria angolana, deixa consternados os seus familiares, amigos e companheiros de armas. A todos expresso os meus mais sentidos pêsames”, termina João Lourenço.

RCR // VM

Lusa/Fim 

NewsItem [
pubDate=2021-07-22 15:31:03.0
, url=https://visao.sapo.pt/atualidade/mundo/2021-07-22-presidente-angolano-lamenta-morte-prematura-do-general-nguto/
, host=visao.sapo.pt
, wordCount=140
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_07_22_154049047_visao-presidente-angolano-lamenta-morte-prematura-do-general-nguto
, topics=[mundo, angola]
, sections=[actualidade]
, score=0.000000]