rr.sapo.ptOpinião de Ribeiro Cristovão - 21 jul 07:55

Oportunidade desperdiçada

Oportunidade desperdiçada

Devido à oposição de dois partidos, PS e PCP, o ministro Eduardo Cabrita continuará assim recolhido nos seus aposentos, convencido das razões que, em conferência de imprensa, já tivera dificuldade em sustentar.

Dois meses depois de o Sporting Clube de Portugal se ter sagrado campeão nacional de futebol, e dos festejos levados a efeito na cidade de Lisboa na noite da consagração, subsistem ainda muitas dúvidas sobre a quem cabem responsabilidades por algumas anormalidades que então todo o país acompanhou através dos diversos canais televisivos.

As entidades intervenientes no acontecimento já tiveram oportunidade de vir a público apresentar as suas versões, cada uma alijando responsabilidades, como seria de esperar.

Mas foi a recente posição assumida pelo Ministro da Administração Interna que despertou maior atenção e suscitou debate mais alargado.

Ficou à vista o desencontro entre as declarações do titular daquela pasta e o relatório que na altura apresentou e foi elaborado pelo IGAI, este depois de ter recolhido a mais ampla informação de todas as partes envolvidas.

Perante a enorme confusão gerada nos últimos dias, a Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias da Assembleia da República resolveu chamar a si a demanda na tentativa de esclarecer finalmente todas as dúvidas que ainda persistem.

Só que a iniciativa parlamentar não conseguiu vencimento.

É pena que se tenha desperdiçado a oportunidade de, uma vez por todas, se esclarecerem todas as dúvidas e colocar um ponto final no assunto.

NewsItem [
pubDate=2021-07-21 06:55:58.0
, url=https://rr.sapo.pt/artigo/ribeiro-cristovao/2021/07/21/oportunidade-desperdicada/246899/
, host=rr.sapo.pt
, wordCount=200
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_07_21_1088709356_oportunidade-desperdicada
, topics=[ribeiro cristovão, opinião]
, sections=[opiniao]
, score=0.000000]