www.jn.ptjn.pt - 21 jun 20:31

Grupo condenado por assaltos violentos a idosos

Grupo condenado por assaltos violentos a idosos

O Tribunal de Almada condenou 17 arguidos por roubarem, com violência, idosos em aldeias isoladas por todo o país. Catorze destes arguidos foram condenados com penas de três a dez anos de prisão efetiva e outros três viram as penas suspensas.

Os crimes ocorreram entre fevereiro de 2016 e junho de 2019. O grupo atuou em aldeias isoladas nos distritos de Setúbal, Lisboa, Évora, Santarém, Castelo Branco, Viana do Castelo, Braga, Aveiro, Viseu e Guarda.

As vítimas tinham, à data dos factos, idades entre os 69 e os 98 anos. Eram abordadas nas suas residências, maioritariamente em aldeias isoladas, onde os arguidos entravam a pedir ajuda. No interior, os agressores recorriam à intimidação ou violência para que as vítimas lhes entregassem dinheiro e peças de ouro.

Os arguidos foram condenados por crimes de roubo simples e agravado e de furto simples e qualificado. Dos 21 arguidos acusados, o tribunal absolveu quatro.

O julgamento decorreu no Tribunal de Monsanto entre 4 de janeiro e 16 de abril. Às 85 testemunhas de acusação arroladas foi conferida a medida de proteção de ocultação das respetivas residências. A investigação foi dirigida pelo DIAP de Sintra com a coadjuvação da Secção de Investigação Criminal do Grupo de Intervenção de Operações Especiais da GNR.

NewsItem [
pubDate=2021-06-21 19:31:00.0
, url=https://www.jn.pt/justica/grupo-condenado-por-assaltos-violentos-a-idosos--13859718.html
, host=www.jn.pt
, wordCount=164
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_06_21_267607260_grupo-condenado-por-assaltos-violentos-a-idosos
, topics=[justiça, justi�a]
, sections=[sociedade]
, score=0.000000]