rr.sapo.ptrr.sapo.pt - 11 jun 14:54

Candidato ao Porto? José Luís Carneiro remete decisão para as estruturas do PS

Candidato ao Porto? José Luís Carneiro remete decisão para as estruturas do PS

Nome de José Luís Carneiro foi avançado pela imprensa após a desistência de Eduardo Pinheiro, secretário de Estado da Mobilidade, para o lugar de candidato do PS à Câmara do Porto nas autárquicas deste ano.

O secretário-geral adjunto do PS recusou hoje esclarecer se é candidato à Câmara do Porto, remetendo para a distrital e para a concelhia dos socialistas a decisão sobre o cabeça-de-lista à autarquia nas eleições deste ano.

"Esses assuntos têm que ser tratados com a distrital do PS e com a concelhia do Porto", afirmou aos jornalistas José Luís Carneiro, na conferência de imprensa que decorreu na distrital do PS/Porto sobre o caso da partilha de informação de manifestantes russos pela Câmara de Lisboa.

"Como foi dito pelo secretário-geral do PS, isso é um assunto da competência da federação e da concelhia, esperemos que as respetivas estruturas tomem as suas decisões", disse, escusando-se a responder se é candidato ou não à Câmara do Porto perante a insistência dos jornalistas presentes.

O Jornal de Notícias avança hoje que Manuel Pizarro, presidente da federação distrital e eurodeputado - que foi candidato à Câmara do Porto em 23013 e 2017 -, "é a solução de emergência do PS" para a cidade.

Já o jornal Público refere que José Luís Carneiro "pode ser a solução" socialista para o Porto, acrescentando que "há movimentações que apontam para o apoio do partido ao secretário-geral adjunto".

Na quarta-feira, Eduardo Pinheiro, secretário de Estado da Mobilidade, declinou o convite para ser o candidato do PS à Câmara do Porto, um dia depois de os socialistas o terem anunciado como o escolhido para entrar na corrida autárquica à segunda cidade do país.

Na sequência da decisão de Eduardo Pinheiro se afastar da corrida autárquica, António Costa, em declarações à agência Lusa na noite de quarta-feira, manifestou "total solidariedade" com a decisão do seu secretário de Estado de declinar o convite para candidatar-se à presidência da Câmara do Porto, esperando agora que a concelhia e federação deste partido encontrem "uma solução vitoriosa".

A Câmara do Porto é liderada pelo independente Rui Moreira, cujo movimento elegeu sete mandatos nas autárquicas de 2017, aos quais se somam quatro eleitos do PS, um do PSD e um da CDU.

São já conhecidas as candidaturas de Ilda Figueiredo (CDU), Sérgio Aires (BE), Vladimiro Feliz (PSD), Diogo Araújo Dantas (PPM) e André Eira (Volt Portugal).

As eleições autárquicas têm de ser marcadas pelo Governo para entre 22 de setembro e 14 de outubro.

Em Portugal há 308 municípios (278 no continente, 19 nos Açores e 11 na Madeira), e 3.092 juntas de freguesia (2.882 no continente, 156 nos Açores e 54 na Madeira).

NewsItem [
pubDate=2021-06-11 13:54:34.0
, url=https://rr.sapo.pt/2021/06/11/politica/candidato-ao-porto-jose-luis-carneiro-remete-decisao-para-as-estruturas-do-ps/noticia/242213/
, host=rr.sapo.pt
, wordCount=397
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_06_11_1970771723_candidato-ao-porto-jose-luis-carneiro-remete-decisao-para-as-estruturas-do-ps
, topics=[informação, política]
, sections=[actualidade]
, score=0.000000]