A Câmara Municipal de Lisboa terá cometido quatro violações à lei da Protecção de Dados, puníveis cada um com uma coima até aos 20 milhões de euros. Advogados defendem que o Ministério Público devia abrir um inquérito para apurar se foi cometido mai