sol.sapo.ptsol.sapo.pt - 10 jun 17:36

Booking.com sob investigação por evasão fiscal

Booking.com sob investigação por evasão fiscal

A investigação abrangeu os anos de 2013 a 2019 e, nesse período, a plataforma de reservas arrecadou 700 milhões em comissões na Itália, sobre as quais deveria ter declarado e pago mais de 153 milhões de euros de IVA.

 O site de reservas de hotéis e alojamentos Booking.com é suspeito de ter ocultado mais de 150 milhões de euros em IVA, após uma investigação realizada pelas autoridades fiscais de Génova.

A investigação abrangeu os anos de 2013 a 2019 e, nesse período, a plataforma de reservas arrecadou 700 milhões em comissões na Itália, sobre as quais deveria ter declarado e pago mais de 153 milhões de euros de IVA, segundo a mesma informação.

O site confirmou ter recebido o relatório da auditoria da polícia fiscal e comprometeu-se a cooperar plenamente com as autoridades fiscais italianas".

"Em conformidade com a legislação europeia aplicável sobre o IVA, entendemos que todos os nossos homólogos na União Europeia, incluindo a Itália, são responsáveis por avaliar o IVA local e comunicá-lo aos governos respetivos", disse à AFP um porta-voz da autoridade fiscal.

A plataforma Booking.com alegou na época que os impostos reclamados pelas autoridades fiscais francesas haviam sido pagos na Holanda, onde está localizada a sua sede, país que introduziu um imposto sobre as empresas muito menos pesado do que na França.

NewsItem [
pubDate=2021-06-10 16:36:36.0
, url=https://sol.sapo.pt/artigo/737310/booking-com-sob-investigacao-por-evasao-fiscal
, host=sol.sapo.pt
, wordCount=174
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_06_10_663472661_booking-com-sob-investigacao-por-evasao-fiscal
, topics=[economia]
, sections=[economia]
, score=0.000000]