www.publico.ptpublico.pt - 10 jun 20:00

Com a vacinação, já se observa uma diminuição no número de variantes em Portugal

Com a vacinação, já se observa uma diminuição no número de variantes em Portugal

Fruto da selecção que ocorre, as variantes que estão agora a circular são as que “têm alguma vantagem”, realça Vítor Borges, investigador do Instituto Ricardo Jorge.

Variantes, linhagens, mutações – as conversas sobre a diversidade genética do SARS-CoV-2 têm estado na ordem do dia. Em pleno processo de vacinação, tem-se vindo a questionar se certas alterações genéticas neste coronavírus podem afectar a eficácia das vacinas. Por agora, no geral, as notícias são animadoras: as vacinas actuais parecem continuar a ser eficazes e a dar uma protecção significativa mesmo em variantes que dão ao vírus alguma vantagem competitiva​. E, com o avanço da vacinação, o que acontece às variantes? À medida que a vacinação aumenta e a população vai ganhando imunidade, tem-se vindo a observar uma diminuição no número de variantes, ficando a circular principalmente as que têm alguma vantagem. É isso que já se vai vendo no Estudo da Diversidade Genética do Novo Coronavírus SARS-CoV-2 (Covid-19) em Portugal, coordenado pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (Insa).

NewsItem [
pubDate=2021-06-10 19:00:00.0
, url=https://www.publico.pt/2021/06/10/ciencia/noticia/vacinacao-ja-observa-diminuicao-numero-variantes-portugal-1965945
, host=www.publico.pt
, wordCount=142
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_06_10_523636116_com-a-vacinacao-ja-se-observa-uma-diminuicao-no-numero-de-variantes-em-portugal
, topics=[coronavírus]
, sections=[ciencia-tecnologia]
, score=0.000000]