tek.sapo.pttek.sapo.pt - 5 mai 11:20

Activision quer contratar 2.000 developers nos próximos dois anos. Revelação de novo Call of Duty para breve

Activision quer contratar 2.000 developers nos próximos dois anos. Revelação de novo Call of Duty para breve

A mais poderosa editora de videojogos revelou receitas de 2,28 mil milhões de dólares no primeiro trimestre de 2021, superando as suas expetativas para o período....

A Activision Blizzard continua a somar resultados financeiros muito positivos e na última apresentação de contas, relativas ao primeiro trimestre de 2021, revelou receitas de 2,28 mil milhões de dólares, um aumento substancial aos n��meros apresentados no mesmo período do ano passado, 1,79 mil milhões de dólares.

A editora referiu no documento que superou as suas previsões iniciais de 2,02 mil milhões. Salienta que o grande investimento feito nas suas principais séries permitiu alcançar mais público do que nunca, mesmo com os desafios colocados por trabalharem a partir de casa devido à pandemia de COVID-19. Os jogos que mais se destacaram no período foram Call of Duty, que continua a ser a principal galinha dos ovos de ouro da empresa, World of Warcraft e Candy Crush nos smartphones.

Foi assim estabelecida uma estratégia para o resto de 2021, prolongando-se até 2022, referindo que vai continuar a expandir-se e tem planos para contratar 2.000 developers nos próximos dois anos. O objetivo será triplicar o tamanho de algumas equipas até ao final de 2022, e muito provavelmente grande parte será adicionada à série Call of Duty. Ainda recentemente a Activision fez mudanças internas, adicionando o seu estúdio Toys for Bob como mais uma força de apoio à famosa série.

Isso quer dizer que além da rotação principal entre três estúdios (Infinity Ward, Treyarch e Sledgehammer Games), contam ainda com a ajuda para trabalho adicional a Raven Software, Beenox, Toys for Bob e a High Moon Studios, ou seja sete estúdios principais da Activision totalmente focadas em Call of Duty, seja o capítulo narrativo que sai todos os anos, o Warzone, o battle royale que conta já com uma base de 100 milhões de jogadores, e por fim a sua versão para smartphones.

Somando Warzone, com as vendas do mais recente Call of Duty: Black Ops Cold War e as receitas de Call of Duty: Mobile, esta série cresceu 72% em relação ao ano passado, o que significa que está mais popular do que nunca. O battle royale e a versão mobile, ambos baseados em modelos de negócio free-to-play, ajudaram a estabelecer uma média mensal de utilizadores ativos de 150 milhões no primeiro trimestre do ano, estabelecendo um novo recorde, um aumento de 40% face ao mesmo período de 2020.

Foi ainda confirmado pela própria Sledgehammer Games que este ano voltará a liderar, como era previsto, a produção do novo jogo de Call of Duty, tudo indicando que irá passar-se na Segunda Guerra Mundial, ainda que não tenha sido apresentado oficialmente. Sabe-se que será lançado no final do ano, no mesmo período habitual, e será construído como uma experiência de nova geração, dividido entre a campanha narrativa, multijogador e cooperativo. Vai ainda integrar o Warzone, e todo o seu ecossistema.

Para além de Call of Duty, a Blizzard também viu as suas receitas crescerem 7% em relação ao ano passado, destacando a expansão Shadowlands para World of Warcraft que foi bem-recebida. Nos jogos da Blizzard foram registados cerca de 27 milhões de utilizadores ativos mensais para o primeiro trimestre.

Por outro lado, a King também estabeleceu um novo recorde, registando um crescimento de 22% face a 2020, liderado pela popularidade de Candy Crush. No primeiro trimestre foram registados 258 milhões de utilizadores ativos mensalmente.

NewsItem [
pubDate=2021-05-05 10:20:28.0
, url=https://tek.sapo.pt/noticias/negocios/artigos/activision-quer-contratar-2-000-developers-nos-proximos-dois-anos-revelacao-de-novo-call-of-duty-para-breve
, host=tek.sapo.pt
, wordCount=534
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_05_05_893059907_activision-quer-contratar-2-000-developers-nos-proximos-dois-anos-revelacao-de-novo-call-of-duty-para-breve
, topics=[videojogos, tecnologia, gaming, call of duty, blizzard, activision]
, sections=[ciencia-tecnologia]
, score=0.000000]