rr.sapo.ptOpinião de João Ferreira do Amaral - 9 abr 09:59

Troika: um desastre de programa

Troika: um desastre de programa

O programa foi ineficiente e exigiu um sacrifício excessivo e desrazoável a uma grande parte da população. Tudo porque estava tecnicamente mal elaborado.

Fez dez anos o pedido de auxílio financeiro feito pelo governo português de então, o tal auxílio que deu origem ao chamado Programa da Troika.

Dez anos passados, podemos ter uma visão mais distanciada do programa do ponto de visita da sua eficiência e da sua razoabilidade. Em minha opinião, o programa foi ineficiente e exigiu um sacrifício excessivo e desrazoável a uma grande parte da população. Tudo porque estava tecnicamente mal elaborado.

O primeiro erro técnico foi o de pensar que se poderiam atingir os dois objectivos essenciais (redução do défice público e redução do défice da balança de pagamentos) apenas com um instrumento: o conjunto de medidas relacionadas com as receitas e despesas públicas.

Em política económica não é possível matar dois coelhos com uma só cajadada. E o caso do programa da Troika foi paradigmático. Como se pretendia reduzir o défice da balança de pagamentos e não se dispunha do instrumento taxa de câmbio, a única possibilidade era induzir uma recessão, através do aumento dos impostos e da redução da despesa pública, de modo a que o decréscimo do PIB levasse a uma diminuição das importações e a um desvio de alguma da produção do mercado interno para a exportação. O problema foi que ao provocar a redução do PIB se estava a prejudicar a redução do défice público porque as receitas fiscais e as contribuições para a segurança social cobradas não aumentavam a e as despesas públicas essas sim aumentavam devido ao crescente desemprego. Resultado: tivemos que alterar os objectivos do défice público, ao mesmo tempo que prolongávamos o sacrifício.

O segundo erro foi o de subavaliar as consequências negativas sobre o sector financeiro de provocar uma recessão e o consequente aumento do desemprego numa economia que era(é) das mais endividadas da Europa, tanto no que se refere às famílias como às empresas. A saga triste e custosa do nosso sistema financeiro foi muito impulsionada pelo programa da Troika.

Felizmente as autoridades europeias parecem ter compreendido que não pode ser este o caminho em futuras situações de dificuldade financeira. Troika nunca mais!(esperemos...)

NewsItem [
pubDate=2021-04-09 08:59:21.0
, url=https://rr.sapo.pt/2021/04/09/joao-ferreira-do-amaral/troika-um-desastre-de-programa/artigo/233870/
, host=rr.sapo.pt
, wordCount=341
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_04_09_275793311_troika-um-desastre-de-programa
, topics=[opinião, joão ferreira do amaral]
, sections=[opiniao]
, score=0.000000]