sol.sapo.ptsol.sapo.pt - 9 abr 09:12

Canal do Suez inutilizado

Canal do Suez inutilizado

Nos tempos que correm, talvez por causa do Suez, os navios de transporte passaram a ser gigantes, com medidas estratosféricas, já fora do pensamento humano normal. Primeiro foram os petroleiros (que, em desastres cada vez maiores, provocavam gravíssimos problemas ambientais).

por Pedro d'Anunciação

O Canal do Suez esteve vários dias inutilizado, porque um enorme navio de carga de Taiwan, o Ever Given (porta-contentores), encalhou de lado, ocupando toda a passagem do Canal – entre 3º-feira da semana anterior e a noite de domingo para 2ª-feira da semana passada, embora a normalização do tráfego demorasse mais. Esperavam para passar 300 navios dos 2 lados, fora uns tantos com mais poder de andamento, que optaram por outra rota (a seguir havia a utilizada pelo Cabo da Boa Esperança, contornando a África toda).

Depois, estes porta-contentores enormes. Tornam tudo mais barato? Talvez. Até que vem um desastre enorme, como este, com consequências económicas enormes.

Os supercontentores apareceram como um dos principais veículos da globalização, depois de um bloqueio maior do Suez (cerca de 8 anos, por volta da década de 60 do século passado, 1960). Os superpetroleiros também a serviam muito bem. Resta saber se tudo continuará na mesma, ou se mesmo reconhecendo a globalização como parte da evolução da História, é melhor entrarmos rapidamente numa era pós-globalização, em que a Sociedade abdica destes gigantes perigosos e de dimensões pouco humanas.

NewsItem [
pubDate=2021-04-09 08:12:32.0
, url=https://sol.sapo.pt/artigo/730776/canal-do-suez-inutilizado
, host=sol.sapo.pt
, wordCount=185
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_04_09_1922654475_canal-do-suez-inutilizado
, topics=[vinagrete 21.04.09]
, sections=[]
, score=0.000000]