eco.sapo.pteco.sapo.pt - 9 abr 09:35

Nas notícias lá fora: Jack Ma, Pfizer e Hyundai

Nas notícias lá fora: Jack Ma, Pfizer e Hyundai

Austrália duplica encomenda da vacina Pfizer enquanto a coagulação da AstraZeneca preocupa distribuição final e Pequim obriga a academia de elite Jack Ma a suspender as novas inscrições.

A vacina da AstraZeneca continua a dar que falar. A Austrália duplicou a encomenda da vacina da Pfizer para 40 milhões de doses, enquanto o país vai rever os riscos de coagulação sanguínea da vacina da AstraZeneca. Na China, Pequim obriga a academia de elite de Jack Ma a suspender novas inscrições. Ainda no continente asiático, a Hyundai Motor suspendem produção da fábrica Asan por falta de chips. No Reino Unido, o CEO da Virgin Atlantic critica os planos do Reino Unido para o reinício das viagens. Por fim, a ACS oferece à Atlantia dez milhões para o negócio de autoestradas em Itália.

U.S.News

Austrália duplica encomenda da vacina Pfizer enquanto a coagulação da Astra preocupa distribuição final

A Austrália duplicou a encomenda da vacina da da Pfizer para 40 milhões de doses, anunciou esta sexta-feira o primeiro-ministro Scott Morrison, enquanto o país se prepara para rever o plano de inoculação em relação ��s preocupações sobre os riscos de coagulação sanguínea da vacina da AstraZeneca. A Austrália está na lista dos países que restringiram o uso da vacina da AstraZeneca devido a preocupações com a coagulação. As autoridades de saúde locais recomendaram na quinta-feira o uso da vacina da Pfizer contra a Covid-19, em vez da produzida pela AstraZeneca, para pessoas com menos de 50 anos. A mudança para a Pfizer acaba com os planos de vacinar toda a população até ao final de outubro.

Leia a notícia completa no U.S.News (acesso livre, conteúdo em inglês)

Nikkei

Hyundai Motor suspendem produção da fábrica Asan por falta de chips

A Hyundai Motor Co da Coreia do Sul disse esta sexta-feira que vai suspender a produção por dois dias a partir de 12 de abril na fábrica de Asan devido a uma escassez de chips. “Estamos a acompanhar de perto a situação para tomar medidas rápidas e necessárias para otimizar a produção em conformidade com as condições de fornecimento”, disse Hyundai numa declaração. A fábrica Asan produz 300 mil veículos por ano. A Hyundai anunciou na semana passada que iria suspender a produção em Ulsan, a sua principal fábrica sul-coreana, de 7 a 14 de abril, devido a problemas de fornecimento de chips e componentes.

Leia a notícia completa em NikkeiAsia (acesso livre, conteúdo em inglês)

Financial Times

Pequim obriga a academia de elite Jack Ma a suspender as novas inscrições

As autoridades chinesas estão a pressionar a business school de Jack Ma a suspender as novas inscrições, em mais uma tentativa de apertar o cerco ao império do bilion��rio chinês. Fruto desta pressão de Pequim, a Universidade de Hupan, um programa de formação de executivos que é alegadamente tão difícil de entrar como Harvard, suspendeu uma turma do primeiro ano que estava marcada para começar no final de março. Não ficou claro quando é que os novos alunos podem voltar a inscrever-se.

Leia a notícia completa em Financial Times (acesso pago, conteúdo em inglês)

Tweet from @FT
Reuters

CEO da Virgin Atlantic critica planos do Reino Unido para o reinício das viagens

O CEO da Virgin Atlantic, uma das maiores companhias aéreas do Reino Unido, criticou as propostas do Governo britânico para o reinício das viagens. Shai Weiss diz que as viagens de países de baixo risco não deveriam envolver testes PCR para a Covid-19 tendo em conta que são dispendiosos. “Para viagens entre países verdes deveria estar ausente a quarentena e os testes”, disse o presidente executivo da Virgin Atlantic à BBC Radio. “Há melhores formas de fazer o que o governo se propôs a fazer”.

Leia a notícia completa na Reuters (acesso livre, conteúdo em inglês)

Cinco Días

ACS oferece à Atlantia dez milhões para o negócio de autoestradas em Itália

A empresa espanhola ACS apresentou uma oferta de dez milhões de euros para o negócio de autoestradas da Atlantia em Itália, agrupadas na empresa Autostrade per l’Italia. Este é o maior concessionário em Itália, com 3.000 quilómetros de estradas com portagem. A ACS enviou uma carta com a oferta formal ao conselho de administração da Atlantia, que detém 88% da Autostrade (também conhecida como ASPI). “A ACS tem acompanhado a situação da ASPI nos últimos meses e acreditamos que a ASPI é um ativo muito interessante que se enquadra perfeitamente na estratégia a longo prazo da ACS”, disse o presidente do grupo espanhol, Florentino Perez.

Leia a notícia completa no CincoDías (acesso livre, conteúdo em espanhol)

NewsItem [
pubDate=2021-04-09 08:35:12.0
, url=https://eco.sapo.pt/2021/04/09/nas-noticias-la-fora-jack-ma-pfizer-e-hyundai/
, host=eco.sapo.pt
, wordCount=714
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_04_09_1038257227_nas-noticias-la-fora-jack-ma-pfizer-e-hyundai
, topics=[atualidade]
, sections=[actualidade]
, score=0.000000]