www.pcguia.ptpcguia.pt - 14 jan 18:30

Apps de entregas obrigadas a baixar taxas cobradas aos restaurantes: Uber Eats reage mal e promete dificuldades

Apps de entregas obrigadas a baixar taxas cobradas aos restaurantes: Uber Eats reage mal e promete dificuldades

Com o decreto do Estado de Emergência e a imposição de mais um confinamento, o Governo definiu novas regras para as apps de entrega de refeições. A Uber Eats não gostou.

A Uber Eats reagiu hoje aos novos limites definidos pelo Governo para as apps de entrega de refeições, que incluem um limite de 20% para as comissões cobradas aos restaurantes por este tipo de apps e proibição de aumentar preços e valor das taxas de entrega.

Segundo a empresa, estas regras vão «forçar» uma mudança na forma de estar da app no mercado, com uma consequência, em tom de ameaça a clientes, estafetas e restaurantes: «Vai prejudicar todos os que utilizam a nossa aplicação e que queremos apoiar».

Em comunicado, a Uber Eats adopta uma postura de confronto e promete dificuldades no acesso ao serviço da app: «Estas medidas tornam o serviço menos acessível para os consumidores, o que limitará a procura dos restaurantes e consequentemente as oportunidades dos milhares de pessoas que fazem entregas com a nossa aplicação».

Leia o artigo completo com mais dados e reacções sobre este tema, no TRENDY.

NewsItem [
pubDate=2021-01-14 18:30:39.0
, url=https://www.pcguia.pt/?p=230033
, host=www.pcguia.pt
, wordCount=151
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_01_14_2071595889_apps-de-entregas-obrigadas-a-baixar-taxas-cobradas-aos-restaurantes-uber-eats-reage-mal-e-promete-dificuldades
, topics=[tecnologia, notícias, uber eats, uber, apps]
, sections=[ciencia-tecnologia]
, score=0.000000]