visao.sapo.ptvisao.sapo.pt - 14 jan 20:05

Visão | Sporting quer vencer Rio Ave e manter a 'almofada' de quatro pontos na liderança

Visão | Sporting quer vencer Rio Ave e manter a 'almofada' de quatro pontos na liderança

O treinador de futebol do Sporting, Rúben Amorim, afirmou hoje que quer manter a vantagem de quatro pontos na liderança da I Liga e, para isso, a única solução passa por vencer na sexta-feira o Rio Ave

Rúben Amorim, que falava em conferência de imprensa de antevisão ao encontro da 14.ª jornada da I Liga, assumiu que a equipa está apenas focada em vencer “um jogo difícil” para manter “quatro pontos de avanço mais duas semanas” e por isso não pensa no embate entre o FC Porto e Benfica, também na sexta-feira, no Estádio do Dragão, mesmo sabendo que um empate poderá dar maior vantagem na liderança.

“O conforto é sempre o mesmo, o desafio é sempre o mesmo. Não pensamos se temos vantagem, se temos mais um ponto. Não trabalhamos assim. Preparámos bem o jogo e estamos preparados para ganhar. Os jogadores só têm de pensar em ganhar o jogo”, disse.

Diante do Rio Ave, Rúben Amorim, que hoje ficou a saber que não poderá contar com Neto, Nuno Mendes e Sporar, infetados com covid-19, vai apresentar-se “na máxima força possível”.

“Tivemos alguns casos de covid-19 que alteraram a nossa preparação. Tivemos mais um dia para preparar o jogo. Temos uma equipa mais do que capaz para vencer um adversário recheado de valores. Tem um treinador com boas ideias e, que tal como nós, perdeu na Taça de Portugal (derrota com o Estoril Praia, por 2-1) e que vai querer mudar isso”, afirmou.

O facto de estar inscrito no grau IV UEFA Pró permitirá a Rúben Amorim sentar-se no banco na função de treinador principal, uma situação que lhe agrada.

“Isso não muda a nossa rotina. Alivia um pouco Emanuel Ferro. Nas duas competições em que saímos foi ele a dar a cara (derrota com o Lask Linz na Liga Europa e Marítimo na Taça de Portugal). Tenho de ser eu a fazê-lo. Em relação a isso da carta de condução (o presidente da Associação de Treinadores, José Pereira, afirmou que quem está a tirar a carta de condução não está apto para conduzir), Miguel Oliveira não a tem carta de mota e safa-se muito bem na sua vida. Eu quero é ganhar o jogo com o Rio Ave”, reagiu.

Além dos três jogadores com covid-19, o treinador afirmu que o avançado brasileiro Luiz Phellype, que recupera de lesão, ainda não está em condições de voltar à competição.

No que toca a refoços, Rúben Amorim diz estar satisfeito com o plantel e deixa nas mãos de Hugo Viana, diretor desportivo, a responsabilidade de eventuais contratações.

O Sporting, líder da I Liga, com 35 pontos, recebe, pelas 18:30 de sexta-feira, o Rio Ave, oitavo, com 14, em igualdade com Marítimo e Moreirense, em jogo da 14.ª jornada que será arbitrado por Hélder Malheiro, da Associação de Futebol de Lisboa.

CYP // VR

NewsItem [
pubDate=2021-01-14 20:05:03.0
, url=https://visao.sapo.pt/atualidade/desporto/2021-01-14-sporting-quer-vencer-rio-ave-e-manter-a-almofada-de-quatro-pontos-na-lideranca/
, host=visao.sapo.pt
, wordCount=426
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_01_14_1716080299_visao-sporting-quer-vencer-rio-ave-e-manter-a-almofada-de-quatro-pontos-na-lideranca
, topics=[atualidade, rio ave, desporto, i liga, sporting clube de portugal]
, sections=[desporto, actualidade]
, score=0.000000]