eco.sapo.pteco.sapo.pt - 14 jan 19:40

Liberty já tem equipas 100% em teletrabalho

Liberty já tem equipas 100% em teletrabalho

A seguradora mantém as equipas a trabalhar à distância e afirma estar a garantir todo o serviço a clientes, sinistrados e parceiros. Proximidade é chave para ultrapassar este novo ciclo da pandemia.

Na Liberty o novo período de confinamento obrigatório de 15 a 30 de janeiro vai manter a configuração existente: “todos os colaboradores da Liberty estão em teletrabalho desde ainda antes da ativação do primeiro confinamento obrigatório, em março de 2020. Toda a equipa está a funcionar a 100%, garantindo todo o serviço a clientes, sinistrados e parceiros”, afirma Maria Luís Rodrigues, responsável de Comunicação da seguradora em Portugal.

A companhia, mesmo antes do primeiro regulamento de contenção, já tinha toda a equipa – mais de 2000 colaboradores dispersos entre Portugal, Espanha, Irlanda e Irlanda do Norte – com a possibilidade de trabalhar a partir de casa, devido aos investimentos em tecnologia feitos nos últimos anos que permitiram que rapidamente a empresa se adaptasse ao teletrabalho.

Quando surgiu a atual crise de saúde, refere Maria Luís Rodrigues “a proteção dos colaboradores foi o primeiro passo dado e logo conseguimos encontrar um modelo ágil, com a digitalização dos sistemas, VPN e ligações seguras e boas velocidades de internet para manter a produtividade à distância, não pondo em causa o serviço e a proximidade ao cliente. Esta adaptação foi fundamental para dar continuidade ao bom trabalho”.

A Liberty já tinha disponibilizado apoio monetário para a aquisição de material para a melhoria do espaço de teletrabalho (secretária, cadeira, monitor, teclado, rato, etc…) e, em outubro último, para o pagamento de despesas extra com água, luz ou gás.

O modelo de resposta da seguradora é procurar “manter a cultura organizacional e temos, por isso, adaptado alguns formatos de eventos que organizamos anualmente e que envolvem todos os colaboradores”, diz Maria Luís Rodrigues acrescentando o modelo de teletrabalho gera mais interações entre colegas e gestores, garantindo a frequência certa, para manter a proximidade, a motivação e também permitir perceber dificuldades que alguns possam ter num determinado momento. “Defendemos que a proximidade é chave para se ultrapassar este novo ciclo da pandemia”, conclui Maria Luis Rodrigues.

NewsItem [
pubDate=2021-01-14 19:40:38.0
, url=https://eco.sapo.pt/2021/01/14/liberty-ja-tem-equipas-100-em-teletrabalho/
, host=eco.sapo.pt
, wordCount=322
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_01_14_1451110835_liberty-ja-tem-equipas-100-em-teletrabalho
, topics=[seguradoras]
, sections=[]
, score=0.000000]