www.jornaldenegocios.ptjornaldenegocios.pt - 14 jan 20:15

Apoio de Gaia às rendas dispara com a crise pandémica

Apoio de Gaia às rendas dispara com a crise pandémica

O executivo municipal deverá aprovar, na próxima segunda-feira, uma dotação orçamental para 2021 de 800 mil euros para o apoio ao arrendamento, uma rubrica onde a autarquia gastava apenas 18 mil euros ainda há quatro anos.

O apoio da Câmara de Gaia ao arrendamento abrangeu 40 famílias em 2017, num total de 80 pessoas, tendo investido nesse ano, nesta rubrica, cerca de 18 mil euros - verba que aumentou para 70 mil euros em 2018 (67 agregados apoiados, totalizando 148 indivíduos), tendo mais do que duplicado, para 180 mil euros, no ano seguinte, com o subsídio de apoio às rendas neste concelho a chegar a 112 famílias, totalizando 245 pessoas.

Entretanto, com a chegada da pandemia a Portugal, os gastos da Câmara de Gaia nesta frente dispararam.

No início do ano de 2020, o executivo liderado por Eduardo Vítor Rodrigues aprovou uma verba de 323 mil euros para o chamado Eixo de Apoio ao Arrendamento.

"Contudo, o crescente aumento da procura de apoio por parte das famílias gaienses e a situação pandémica atual, que veio agravar as condições económicas dos agregados familiares, nomeadamente no que respeita à redução do rendimento mensal disponível, espoletou a necessidade de reforço da dotação orçamental deste eixo", salientou fonte oficial da autarquia ao Negócios.

"Por isso, em 2020 foram aprovados, por duas vezes, reforços de verba de mais 100 mil euros, o que significa que, no total, no ano passado foram disponibilizados mais de 520 mil euros para o referido eixo", adiantou a mesma responsável municipal.

No final do ano passado, "beneficiavam deste apoio 235 agregados familiares em Gaia, a quem é atribuído um apoio mensal, já previsto até ao mês de dezembro, no montante total de 50% do encargo do valor da renda, residentes em todas as freguesias do concelho, maioritariamente do género feminino, com filhos a cargo", detalhou.

Relativamente a 2021, encontram-se, neste momento, 209 candidaturas em lista de espera.

Entretanto, de acordo com a proposta que deverá ser aprovada pelo executivo municipal, em reunião marcada para a próxima segunda-feira, 18 de janeiro, "perspetiva-se que seria adequada uma dotação orçamental para o ano de 2021 de 800 mil euros, na medida em que este valor permitiria a resposta às candidaturas em lista de espera e à gestão do eixo no decorrer do presente ano", lê-se no documento a que o Negócios teve acesso.

NewsItem [
pubDate=2021-01-14 20:15:00.0
, url=https://www.jornaldenegocios.pt/economia/autarquias/detalhe/apoio-de-gaia-as-rendas-dispara-com-a-crise-pandemica
, host=www.jornaldenegocios.pt
, wordCount=347
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_01_14_1347193337_apoio-de-gaia-as-rendas-dispara-com-a-crise-pandemica
, topics=[autarquias]
, sections=[economia]
, score=0.000000]