observador.ptobservador.pt - 13 jan 16:17

Adiada votação na especialidade da lei da Eutanásia no parlamento

Adiada votação na especialidade da lei da Eutanásia no parlamento

A pedido do CDS-PP, a votação da lei da eutanásia foi adiada. Os centristas já tinham criticado "a pressa" na conclusão da lei. Diploma só v...

A votação da lei da eutanásia, na especialidade, foi esta quarta-feira adiada, a pedido do CDS-PP, na comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias.

O pedido de adiamento pelo CDS, um direito de qualquer grupo parlamentar, foi anunciado por Luís Marques Guedes, presidente da comissão, antes de se começar o debate na especialidade da lei.

Os centristas, através do líder parlamentar, já haviam criticado “a pressa” na conclusão da lei, que foi aprovada, na generalidade, em fevereiro de 2020, a partir de projetos do PS, BE, PAN, PEV e Iniciativa Liberal.

Com este adiamento, o diploma só chegará às mãos do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, depois das eleições presidenciais, agendadas para 24 de janeiro.

NewsItem [
pubDate=2021-01-13 16:17:22.0
, url=https://observador.pt/2021/01/13/adiada-votacao-na-especialidade-da-lei-da-eutanasia-no-parlamento/
, host=observador.pt
, wordCount=118
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_01_13_1981786800_adiada-votacao-na-especialidade-da-lei-da-eutanasia-no-parlamento
, topics=[eutanásia, parlamento]
, sections=[]
, score=0.000000]