eco.sapo.pteco.sapo.pt - 22 nov 13:08

SIC e Eleven disputam Champions. TVI à espreita

SIC e Eleven disputam Champions. TVI à espreita

Está em causa a liderança de audiências em sinal aberto. A SIC está a concorrer à compra dos direitos televisivos da Champions, em concorrência com a Eleven. Decisão na segunda-feira.

A SIC está a apostar forte no concurso para comprar os direitos televisivos da Champions League e da Liga Europa para os próximos três anos (épocas 2021/2022 até 2023/2024), uma estratégia para segurar a liderança de audiências em sinal aberto na luta com a TVI, e terá feito uma oferta competitiva para ganhar a competição mais importante de clubes na Europa (e a Liga Europa por atacado), mas o canal por subscrição Eleven também está na corrida, e está a fazer um esforço de última hora para garantir a manutenção da Liga dos campeões.

A estratégia da SIC é ousada, e tem um enquadramento de fundo. O canal da Impresa continua a liderar as audiências de forma consecutiva há 21 meses, mas a TVI tem vindo a aproximar-se de forma consistente há pelo menos seis meses, portanto, até antes da chegada de Cristina Ferreira. E antecipa-se um ano de 2021 que vai ditar o líder de mercado. Como dizia ao ECO outro operador de mercado, o que está em causa neste concurso, nos direitos de futebol em sinal aberto, é a liderança das audiências e isso tem um prémio de mercado por parte dos investidores comerciais. Mais ainda quando o mercado publicitário está sob pressão.

Contactada oficialmente, a Impresa, dona da SIC, afirmou ao ECO que “há um concurso a decorrer para a transmissão das ligas europeias e a SIC está a avaliar se deve avançar, tendo em conta fatores como o enquadramento dos custos no seu exercício orçamental e o retorno expectável gerado”. Uma fonte de mercado disse ao ECO que a SIC terá feito uma proposta em torno dos seis milhões de euros milhões de euros por época para as duas competições, 18 milhões para um contrato de três anos, mas a mesma fonte oficial garantiu que essa informação não corresponde à verdade. Ainda assim, segundo uma outra fonte que conhece as negociações, os seis milhões de euros são mesmo o valor de referência que está em discussão nesta espécie de ‘leilão’ entre a SIC e a Eleven. E o anúncio da decisão de venda das duas ligas europeias está por horas, poderá mesmo ser conhecida esta sexta-feira ou o mais tardar na segunda-feira. A Eleven não esteve disponível para contactos.

Assim, a TVI está na expectativa. Em processo de transformação, a TVI não se apresentou ao concurso de compra de direitos da Champions em sinal aberto, mas estará a aguardar o desfecho do concurso entre a Impresa e a Eleven. Contactada, a TVI também não se mostrou disponível para fazer comentários.

Em jogo estão a Champions (18 jogos) e a Liga Europa em sinal aberto, mas também os direitos de transmissão no cabo. Nesta época, por exemplo, a Eleven tem os direitos televisivos da Liga dos campeões e fez, posteriormente, um acordo com a TVI para a transmissão de alguns jogos em sinal aberto. A SIC, por seu turno, está a transmitir a Liga Europa, enquanto a Sport TV, a marca líder de desporto na televisão, apostou tudo na Liga Nos e deixou cair as competições europeias. Já a RTP não tem direitos de futebol internacional e, neste concurso, voltou a não concorrer.

NewsItem [
pubDate=2020-11-22 13:08:40.0
, url=https://eco.sapo.pt/2020/11/22/sic-e-eleven-disputam-champions-tvi-a-espreita/
, host=eco.sapo.pt
, wordCount=522
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2020_11_22_578596384_sic-e-eleven-disputam-champions-tvi-a-espreita
, topics=[televisão]
, sections=[]
, score=0.000000]