expresso.ptexpresso.pt - 18 out 08:45

SNS. Não há equipas para mais camas

SNS. Não há equipas para mais camas

Cuidados intensivos precisam já de 48 especialistas e 350 enfermeiros para aumentar as unidades de internamento

Nunca foram tantos os portugueses com covid-19 e a pressão sobre os hospitais está a atingir a lotação máxima. A assistência aos doentes críticos é das áreas mais sensíveis, mas o reforço dos cuidados intensivos está em risco. Para abrir mais camas são precisos mais profissio­nais, que as unidades não estão a conseguir contratar. Para já, fazem falta 48 médicos e 350 enfermeiros.

As necessidades urgentes são identificadas pela Socie­dade Portuguesa de Cuidados Intensivos, e o presidente, João Gouveia, explica o prognóstico: “Se não houver mais recursos humanos, ou se fecha tudo outra vez ou vão morrer mais pessoas.” O médico garante que “temos as máquinas que tínhamos de ter e há camas, mas falta organização para espaços adequados, quartos de pressão negativa e profissionais, sobretudo enfermeiros”.

Este é um artigo do semanário Expresso. Clique AQUI para continuar a ler.

NewsItem [
pubDate=2020-10-18 07:45:20.0
, url=https://expresso.pt/sociedade/2020-10-18-SNS.Nao-ha-equipas-para-mais-camas
, host=expresso.pt
, wordCount=138
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2020_10_18_923305065_sns-nao-ha-equipas-para-mais-camas
, topics=[sociedade]
, sections=[sociedade]
, score=0.000000]