eco.sapo.pteco.sapo.pt - 18 out 15:45

Polaca PZU lança seguro D&O para PME

Polaca PZU lança seguro D&O para PME

A companhia líder de seguros no mercado polaco lançou um seguro para dirigentes de PME e uma cobertura adicional no seguro auto, que estende a proteção à utilização de bicicletas e trotinetes.

A PZU, grupo segurador que lidera o mercado polaco, acaba de anunciar o lançamento de um seguro D&O (responsabilidade civil de administradores e gestores) dirigido a pequenas e médias empresas (PME). “Os produtos que fornecem proteção em caso de reclamações decorrentes do desempenho indevido de funções ou erros cometidos durante o exercício de atividades de gestão estão a tornar-se cada vez mais populares”, introduz um comunicado da Powszechny Zaklad Ubezpieczen SA (PZU).

“A fim de satisfazer as expectativas do mercado, preparámos um novo seguro PZU para gestores de empresas, criado especialmente para pequenas e médias empresas. É um suplemento à nossa oferta de produtos, para além do seguro de Responsabilidade Civil já existente para os dirigentes das empresas (…)”, explica Piotr Netikk, diretor de seguros da PZU, citado no comunicado da instituição, também parceira do grupo Millennium_bcp, através do subsidiário local Bank Millennium.

A nova solução compreende um leque alargado de coberturas (incluindo custos defesa, com advogados, em eventuais processos legais) e está acessível a qualquer sociedade de capitais, ou seja, uma empresa de responsabilidade limitada ou uma sociedade anónima (também europeia), que desenvolva atividades comerciais no território da República da Polónia, e cujas suas receitas não excedam 10 milhões de zlotys.

Seguro automóvel adiciona cobertura para veículos “UTO” (bicicletas e scooters)

Além do seguro D&O, a companhia polaca acaba de introduzir uma cobertura adicional ao seguro de responsabilidade civil automóvel (MPTL – Motor third party liability insurance), também obrigatório na Polónia. O complemento introduzido consiste numa cobertura adicional para danos materiais e pessoais causados pelo segurado enquanto utiliza uma bicicleta ou outros veículos elétricos ligeiros, como scooters e trotinetes (categoria localmente designada UTO).

A nova cobertura tem um capital máximo garantido de 5000 zlotys por sinistro (cerca de 1100 euros ao câmbio atual), independentemente do número de vítimas. Tomasz Piekarski, diretor de seguro automóvel da PZU, realça: “Ao introduzir o MTPL UTO, fornecemos proteção adicional a milhões de clientes da PZU. “

A Polónia – que segue candidata a ser admitida na zona euro – tem em preparação um projeto de alteração à Lei do Tr��nsito Rodoviário que irá regular o estatuto jurídico dos UTO (veículos ligeiros de transporte individual). Quando a lei estiver em vigor, as pequenas scooters elétricas serão tratadas como veículos.

Mercado polaco recua 7% até junho

No final do primeiro semestre de 2020, segundo estatística recente, o volume global de prémios recuou 6,7%, face a igual período de 2019, para um equivalente a 7,05 mil milhões de euros, refletindo desvalorização cambial do zloty.

O mercado polaco de seguros lidera em dimensão entre os países da região CEE (Centro e Este Europeu). Um relatório do Fundo Monetário Internacional (FMI), divulgado em abril de 2019 (com dados relativos a 2018), descrevia o mercado polaco contando 60 seguradoras e uma resseguradora (27 a operar no ramo Vida e 34 em não Vida, 19 das quais a operar os dois segmentos). A Polónia representava então cerca de 15% do total da região composta por 12 países ou territórios, de acordo com outras fontes.

A maior seguradora do mercado polaco continua atualmente a ser a PZU (controlada pelo Estado), respondendo por cerca de um terço do total da produção (volume bruto de prémios), tanto no negócio não Vida, como no ramo Vida, o qual tem perdido peso nos últimos sete anos, significando atualmente em redor de 35% da indústria polaca atual.

Números de fontes especializadas referem que o volume de prémios de seguros Vida do conjunto do mercado polaco alcançou 21,2 mil milhões de zloty em 2019 (cerca de 5 mil milhões de euros ao câmbio da época), decrescendo face ao ano anterior, enquanto os ramos não Vida cresceram e somaram 39,6 mil milhões zlotys (cerca de 9,3 mil milhões de euros ao câmbio de dezembro do ano passado).

De acordo com um estudo da Deloitte publicado em outubro de 2019 abrangendo um conjunto de mais de 10 mercados da região CEE, as três maiores seguradoras a operar na Polónia no setor Vida eram a PZU Zycie (38,1% de quota); Aviva TUnZ (8,8%) e a Open Life TU Zycie (7,3%). No mercado não Vida: PZU SA (32,1% de quota de mercado); STU ERGO Hestia, do Grupo Munich Re (15,1%) e TUIR WARTA, do grupo Talanx (com 13,8%) indica análise da consultora referente ao ano 2018.

NewsItem [
pubDate=2020-10-18 14:45:01.0
, url=https://eco.sapo.pt/2020/10/18/polaca-pzu-lanca-seguro-do-para-pme/
, host=eco.sapo.pt
, wordCount=715
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2020_10_18_470647836_polaca-pzu-lanca-seguro-d-o-para-pme
, topics=[riscos & produtos]
, sections=[]
, score=0.000000]