expresso.ptexpresso.pt - 18 out 08:47

Medicamentos à medida de cada um (ou... talvez não)

Medicamentos à medida de cada um (ou... talvez não)

Durante anos, mulheres, crianças e idosos tomaram fármacos testados quase exclusivamente em homens adultos. A realidade mudou, mas ainda há muito caminho para a medicina feita à medida de cada um

Não existem doenças, só existem doentes.” Esta é uma frase simplista que os estudantes de Medicina ouvem ao longo da formação e que tem uma verdade profunda: todas as pessoas são diferentes nas suas múltiplas dimensões, incluindo a biológica, o que leva a que cada doença se expresse de forma distinta em cada indivíduo e que o mesmo tratamento e os mesmos fármacos possam produzir efeitos variados em cada um em termos de eficácia e efeitos secundários.

Os medicamentos podem ter resultados muito diferentes nos homens e nas mulheres, nas crianças, nos adultos e nos mais velhos pelas grandes diferenças fisiológicas que existem entre si. Em comparação com os homens, as mulheres têm, em média, menor peso corporal, menor percentagem de massa muscular, menor velocidade do trânsito intestinal e menor função do rim, o que faz com que sejam diferentes as concentrações que os medicamentos atingem no seu organismo e a velocidade com que são eliminados. Para resolver essa questão, nos Estados Unidos já foram introduzidos no mercado medicamentos com doses diferenciadas e adaptadas para cada sexo.

Este é um artigo exclusivo. Se é assinante clique AQUI para continuar a ler. Para aceder a todos os conteúdos exclusivos do site do Expresso também pode usar o código que está na capa da revista E do Expresso.

Caso ainda não seja assinante, veja aqui as opções existentes e tenha acesso a todos os artigos

NewsItem [
pubDate=2020-10-18 07:47:53.0
, url=https://expresso.pt/sociedade/2020-10-18-Medicamentos-a-medida-de-cada-um--ou.-talvez-nao-
, host=expresso.pt
, wordCount=231
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2020_10_18_2012636744_medicamentos-a-medida-de-cada-um-ou-talvez-nao
, topics=[sociedade]
, sections=[sociedade]
, score=0.000000]