eco.sapo.pteco.sapo.pt - 18 out 11:15

Cinemas em mínimos históricos por causa da pandemia

Cinemas em mínimos históricos por causa da pandemia

Na melhor semana de 2020, as salas de cinema tiveram menos público do que na pior semana do ano passado. A culpa é da pandemia de coronavírus.

A pandemia está a fazer tremer a indústria do cinema. Em Portugal, na melhor semana deste ano, as salas de cinema tiveram menos público do que tinham tido na pior semana de 2019, avança este domingo o Público (acesso condicionado).

De acordo com as estimativas da consultora londrina Omdia, citadas pelo referido jornal, as salas de cinema estão a registar uma quebra nos seus rendimentos entre 60% e 70%, com perdas na ordem dos 20 a 31 mil milhões de dólares, isto é, 17 a 26,5 mil milhões de euros. Por cá, a Nos (a maior exibidora e distribuidora do país) admite quebras nessa linha, ou seja, de 70%.

Além do receio dos espetadores face à pandemia de coronavírus e da limitação da lotação imposta pela mesma razão, o cinema está a sofrer um duro golpe com o adiamento de blockbusterscomo o filme mais recente da saga “James Bond” — e com a distribuição desses filmes diretamente nos serviços de streaming — como o filme “Soul – Uma Aventura Com Alma”, cuja estreia acontecerá online, conforme já anunciou a Disney.

NewsItem [
pubDate=2020-10-18 10:15:37.0
, url=https://eco.sapo.pt/2020/10/18/cinemas-em-minimos-historicos-por-causa-da-pandemia/
, host=eco.sapo.pt
, wordCount=182
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2020_10_18_1759373940_cinemas-em-minimos-historicos-por-causa-da-pandemia
, topics=[coronavírus]
, sections=[]
, score=0.000000]