www.publico.ptpublico.pt - 18 out 15:28

Covid-19 em Portugal: mais mortes e internamentos, mas menos novos casos. Esta foi a pior semana desde o início da pandemia

Covid-19 em Portugal: mais mortes e internamentos, mas menos novos casos. Esta foi a pior semana desde o início da pandemia

Internamentos em Portugal aumentam, há mais 72 pessoas internadas, o maior número diário desde 16 de Abril. Norte continua com mais de mil novos casos, é a região com maior subida diária de infecções. Esta foi a semana com a média mais elevada de no

Portugal registou, nas últimas 24 horas, mais 19 mortes e 1856 novos casos de infecção pelo SARS-CoV-2. O número de óbitos registado neste período é superior em relação ao último boletim da Direcção-Geral de Saúde (DGS), em que se registaram 13 mortes, mas o número de novos casos deixa, assim, de estar em mais de 2000, como acontecia há quatro dias. Porém, desde 16 de Abril que não havia tantos internamentos. A semana que hoje termina foi a pior em termos de novos casos, desde o início da pandemia: a média semanal situa-se nos 1892,4.

O número total de casos, desde o início da pandemia no país, é 99.911, de acordo com o boletim da DGS deste domingo, o que significa que o país está perto de registar 100 mil casos confirmados de infecção desde Março. O número total de óbitos é de 2181. A taxa de letalidade mantém-se nos 2,2%. Há mais 1081 pessoas recuperadas, o que eleva este número para 59 mil.

Nas últimas 24 horas, porém, mais 72 pessoas foram internadas – este é o maior número diário verificado desde 16 de Abril, dia em que mais 102 pessoas foram internadas. O número total de internamentos é de 1086. Destas pessoas, 155 estão nos cuidados intensivos, ou seja, mais sete do que no dia anterior.

O número casos activos é, no total, de 38.730, tendo-se registado mais 756 nas últimas 24 horas. Há 54.851 casos em vigilância, mais 2308 do que o verificado nos últimos dados.

Olhando para o último boletim da Direcção-Geral da Saúde, divulgado neste domingo, verifica-se que, embora a região de Lisboa e Vale do Tejo continue a acumular mais casos desde o início da pandemia, é no Norte que se registam mais novas infecções.

Esta região do país, o Norte, registou, nas últimas 24 horas, mais 1168 novos casos, o maior registo de novas infecções no país. Em Lisboa e Vale do Tejo verificaram-se, no último dia, mais 385 novos casos (num total de 47.412). O Norte acumula 39.449 casos confirmados até à data.

No que se refere ao registo de óbitos, foi na região de Lisboa e Vale do Tejo que se verificou o maior registo, nas últimas 24 horas, com mais 10 mortes (num total de 881 desde o início da pandemia no país). O Norte registou mais nove óbitos, num total de 959.

Quanto às restantes regiões do país, o Centro acumula 8214 casos confirmados, mais 231 nas últimas 24 horas. Sem nenhum óbito a registar neste período de tempo, acumula 277 óbitos desde o início da pandemia.

O Algarve registou mais 28 novos casos, num total de 2199 infecções confirmadas até agora. Sem qualquer morte nas últimas 24 horas, esta região apresenta um total de 22 óbitos até à data.

O Alentejo acumula 1991 casos confirmados e 28 novos. Também sem óbitos nas últimas 24 horas, regista até à data um total de 27 mortes.

Nos Açores e na Madeira, também não houve qualquer registo de óbito nas últimas 24 horas. A Madeira teve oito novos casos, num total já confirmado de 328 e nenhuma morte desde o início da pandemia. Os Açores tiveram um novo caso, nas últimas 24 horas, registando um total de infecções confirmadas de 318 e de óbitos de 15.

NewsItem [
pubDate=2020-10-18 14:28:51.0
, url=https://www.publico.pt/2020/10/18/sociedade/noticia/covid19-portugal-mortes-internamentos-menos-novos-casos-1935722
, host=www.publico.pt
, wordCount=535
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2020_10_18_1700120388_covid-19-em-portugal-mais-mortes-e-internamentos-mas-menos-novos-casos
, topics=[coronavírus]
, sections=[sociedade]
, score=0.000000]