eco.sapo.pteco.sapo.pt - 18 out 16:37

Novos casos em máximos mas Trump apela ao relaxamento das restrições nos EUA

Novos casos em máximos mas Trump apela ao relaxamento das restrições nos EUA

Apesar do aumento do número de casos de Covid-19 nos Estados Unidos, Donald Trump apelou ao relaxamento das restrições impostas em resposta à pandemia.

Donald Trump usou os comícios da sua campanha eleitoral em Michingan e em Wisconsin para apelar aos governadores desses estados para que relaxem as restrições impostas em resposta à pandemia de coronavírus, avança este domingo o Financial Times (acesso pago). Isto apesar destas regiões estarem a registar recordes diários de novas infeções.

De acordo com o referido jornal, o candidato presidencial republicano criticou as decisões tomadas por Gretchen Whitmer, governadora do Michingan, e Tony Evers, governador do Wisconsin, em resposta à crise pandémia e sublinhou que deviam relaxar as restrições.

Este apelo acontece numa altura em que estado do Michingan registou 1.791 novos casos de Covid-19, ligeiramente abaixo do máximo histórico de 2.030, também verificado esta semana. Já o Wisconsin registou 3.861 novos casos, na sexta-feira.

Nos comícios deste sábado, Donald Trump abordou ainda o facto de ele próprio ter estado infetado com o novo coronavírus, tendo garantido aos republicanos: “Estou imune. Melhorei depressa”.

Segundo as sondagens mais recentes, Joe Biden — o candidato presidencial dos democratas — está à frente de Donald Trump nas intenções de votos em ambos os estados em questão. Na generalidade dos Estados Unidos, o democrata tem atualmente uma vantagem de nove pontos, assegura o Financial Times.

NewsItem [
pubDate=2020-10-18 15:37:21.0
, url=https://eco.sapo.pt/2020/10/18/novos-casos-em-maximos-mas-trump-apela-ao-relaxamento-das-restricoes-nos-eua/
, host=eco.sapo.pt
, wordCount=204
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2020_10_18_1324188278_novos-casos-em-maximos-mas-trump-apela-ao-relaxamento-das-restricoes-nos-eua
, topics=[coronavírus]
, sections=[]
, score=0.000000]