expresso.ptMiguel Sousa Tavares - 17 out 08:50

A estupidez humana é uma arma de destruição maciça

A estupidez humana é uma arma de destruição maciça

O ódio às elites não é descoberta dos imbecis dos QAnon, é tão antigo quanto a inveja humana. É, desde sempre, a única arma dos medíocres, dos frustrados, dos invejosos

Regresso a um tema de há duas semanas, mas cada vez mais actual à medida que nos aproximamos do fatídico dia 3 de Novembro. O motivo pelo qual, digam as sondagens o que disserem, eu continuo a temer angustiadamente uma vitória de Donald Trump assenta em duas razões. A primeira é que, daqui até lá, nada impedirá um tipo desprovido de quaisquer princípios éticos de lançar mão de tudo o que puder imaginar, e que nós nem sequer somos capazes de imaginar, para se fazer reeleger; a segunda é que me lembro da descoberta de Eisnstein, de que só há duas coisas garantidamente infinitas: o Universo e a estupidez humana. A canalhice sem freio do Presidente americano e a infinita estupidez dos seus apoiantes são uma combinação fatal, cujo poder destrutivo está para lá de qualquer análise política racional.

Este é um artigo do semanário Expresso. Clique AQUI para continuar a ler.

NewsItem [
pubDate=2020-10-17 07:50:34.0
, url=https://expresso.pt/opiniao/2020-10-17-A-estupidez-humana-e-uma-arma-de-destruicao-macica
, host=expresso.pt
, wordCount=151
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2020_10_17_588616152_a-estupidez-humana-e-uma-arma-de-destruicao-macica
, topics=[opinião]
, sections=[opiniao]
, score=0.000000]