expresso.ptexpresso.pt - 17 set 10:05

México pede esclarecimentos sobre abusos sexuais a mulheres em centros migratórios dos EUA

México pede esclarecimentos sobre abusos sexuais a mulheres em centros migratórios dos EUA

O pedido das autoridades mexicanas surge depois de várias congressistas norte-americanas terem legitimado as denúncias de pelo menos 17 mulheres que teriam sido submetidas a cirurgias desnecessárias, incluindo histerectomias, numa instalação migratória em Irwin, Geórgia

O Governo do México pediu na quarta-feira às autoridades dos Estados Unidos da América (EUA) esclarecimentos sobre alegadas violações dos direitos humanos, incluindo histerectomias forçadas e agressões sexuais, contra mulheres que estavam detidas em instalações de detenção temporária.

A Secretaria dos Negócios Estrangeiros mexicana anunciou, citada pela agência espanhola Efe, que diversos consulados mexicanos nos Estados Unidos estão a analisar várias alegações de violação dos direitos humanos em instalações do Serviço de Imigração e Fiscalização Alfandegária (ICE, na sigla inglesa) de Atlanta, no estado da Geórgia, e El Paso, no Texas.

O consulado de Atlanta "mantém comunicações com a organização que denunciou uma série de histerectomias não autorizadas" em mulheres. Estas operações terão ocorrido "sem o pleno consentimento", precisou a secretaria mexicana.

Este pedido das autoridades mexicanas surge depois de várias congressistas norte-americanas terem legitimado as denúncias de pelo menos 17 mulheres que teriam sido submetidas a cirurgias desnecessárias, incluindo histerectomias, numa instalação migratória em Irwin, Geórgia.

Várias organizações também apresentaram esta semana uma queixa no Departamento de Segurança Nacional baseada no testemunho de Dawn Wooten, uma enfermeira que trabalhava num destes centros e que denunciou "práticas perigosas".

O Governo mexicano quer, por isso, "informação detalhada das autoridades" norte-americanas sobre "os procedimentos realizados e as justificações correspondentes", explicita a Secretaria dos Negócios Estrangeiros.

Além disso, as autoridades mexicanas revelaram que uma cidadã denunciou as autoridades alfandegárias dos EUA no Texas, por alegados abusos sexuais.

"Em relação aos sinais de abuso sexual contra uma cidadã mexicana por parte dos agentes do ICE em El Paso, Texas, o consulado do México nessa cidade mantém contacto com a alegada vítima e a sua advogada para lhe fornecer todo o apoio consular necessário", é acrescentado.

1
1