eco.sapo.pteco.sapo.pt - 16 set 21:24

Fed trama Wall Street, Snowflake duplica valor na estreia em bolsa

Fed trama Wall Street, Snowflake duplica valor na estreia em bolsa

As bolsas norte-americanas fecharam mistas, com a indústria a valorizar mas a tecnologia a perder mais de 1%. O destaque foi a Snowflake, cujas ações mais que duplicaram de valor na estreia em bolsa.

As bolsas norte-americanas não conseguiram suportar os ganhos do início da sessão, mesmo com as garantias da Fed de que não deverá subir os juros durante os próximos três anos, pelo menos. Os índices fecharam em mistos, penalizados pela tecnologia e amparados pelas ações de grupos industriais.

Enquanto o S&P 500 caiu 0,43%, para 3.386,67 pontos, o Dow Jones somou 0,18%, para 28.044,79 pontos. O tecnológico Nasdaq voltou a observar perdas expressivas, tendo desvalorizado 1,20%, para 11.046,36 pontos, depois de duas sessões em que recuperou valor depois das quedas significativas da semana passada.

Numa nota divulgada após uma reunião de dois dias, a Fed sinalizou que o atual cenário de juros próximos de zero deverá manter-se durante o ano de 2021. Além disso, 13 dos 17 responsáveis de política monetária do banco central concordaram que a taxa diretora deverá manter-se baixa até pelo menos 2023.

A garantia chegou a puxar pelas ações norte-americanas. No entanto, as bolsas não conseguiram suportar a valorização e as perdas acabaram por surgir perante o cenário pouco otimista traçado pelo presidente da Fed, Jerome Powell. Numa conferência de imprensa, o responsável afirmou que o ritmo de recuperação dos EUA é “altamente incerto” e lembrou que a atividade económica continua muito abaixo dos níveis pré-pandemia.

A Apple caiu 3,02% em bolsa, para 112,05 dólares, no rescaldo do evento anual em que, pela primeira vez, não apresentou aos fãs um novo modelo do iPhone. O Facebook recuou 3,29%, para 263,46 dólares, no dia em que Kim Kardashian, figura pública, decidiu bloquear as suas contas em protesto contra a polarização da sociedade causada pelas redes sociais.

Em sentido inverso, os holofotes incidiram na Snowflake, uma tecnológica que se estreou em bolsa esta quarta-feira com uma valorização massiva face ao preço das ações no IPO. Os títulos chegaram ao mercado a valer 120 dólares, mas tocaram os 318,37 dólares durante a sessão. Fecharam nos 252,18 dólares, uma subida de mais de 110%, isto é, mais do que duplicaram o valor.

Nota positiva também para a Kodak. As ações da empresa chegaram a disparar 70% na sessão, mas cederam alguns desses ganhos e encerraram o dia a ganhar 36,76%, para 8,52 dólares, depois de uma auditoria ter concluído que a empresa não violou a lei na divulgação de um empréstimo estatal dos EUA há algumas semanas.

1
1