rr.sapo.ptrr.sapo.pt - 15 set 22:45

Jesus lamenta eliminação da Champions. "Sentíamos que podíamos ir muito longe"

Jesus lamenta eliminação da Champions. "Sentíamos que podíamos ir muito longe"

O treinador considera que o Benfica "foi mais equipa" diante do PAOK. Contudo, a lei do golo ditou o afastamento precoce.

Jorge Jesus não escondeu a desilusão após a eliminação do Benfica da Liga dos Campeões, esta terça-feira. O treinador sentia que, passada a fase preliminar, o Benfica podia "ir muito longe" na prova europeia.

O Benfica perdeu no terreno do PAOK, por 2-1, e ficou fora da Champions logo à terceira pré-eliminatória, no primeiro jogo oficial de Jorge Jesus. Em declarações à BTV, no final da partida, o técnico salientou que o Benfica "foi mais equipa, mas o que importa é quem marca".

"Sentíamos que se passássemos esta fase podíamos ir muito longe. O Benfica dominou toda a primeira parte, o PAOK quase não rematou. Na segunda parte, já dividimos mais o jogo e permitimos facilidades. Acabaram por entrar na nossa última linha com duas diagonais que nos 'mataram'. Mas o Benfica foi uma equipa com muita qualidade ofensivamente, criou muitas oportunidades. Não marcámos as oportunidades que criámos. Não mostrámos no resultado, mas somos melhor equipa que o PAOK", acrescentou, já à TVI24.

Embora o Benfica tenha "valor para continuar esta caminhada", Jesus não escondeu que "a equipa ainda não está numa organização defensiva tão forte" como deseja, algo que custou dois golos. Do outro lado, houve um muro: "O guarda-redes do PAOK tirou-nos dois ou três golos."

Sair da Liga dos Campeões é um "passo atrás", porque o Benfica sonhava "fazer coisas interessantes" e "chegar o mais longe possível".

O Benfica terá, agora, de se concentrar no campeonato. A equipa de Jorge Jesus entra em ação na sexta-feira, às 19h00, em Famalicão.

1
1