www.publico.ptpublico.pt - 2 ago 14:13

Covid-19: mais uma morte e 153 casos. Casos activos descem há sete dias

Covid-19: mais uma morte e 153 casos. Casos activos descem há sete dias

Casos diários cresceram 0,5% e mortes 0,1%. A morte registada nas últimas 24 horas é referente a um homem entre os 60 e os 69 anos. Lisboa e Vale do Tejo acumula 63% dos casos das últimas 24 horas e o Norte 24%.

A covid-19 fez mais uma vítima mortal em Portugal, um aumento percentual de 0,1% — no total, já morreram 1738 pessoas. Os números deste domingo da Direcção-Geral da Saúde (DGS) dão conta de mais 153 pessoas infectadas, uma subida de 0,3% que eleva para 51.463 o número total de casos identificados desde 2 de Março.

Das novas infecções deste domingo, 63% foram registados em Lisboa e Vale do Tejo (LVT), onde também ocorreu a única morte registada no boletim diário da DGS, e 24% no Norte. Existem, neste momento, 378 pessoas internadas (mais três que no sábado) — 41 destas estão nos cuidados intensivos (mais uma). Há 1547 pessoas a aguardar resultados laboratoriais e ​36.148​ a serem acompanhadas pelas autoridades de saúde.

Sabe-se também que recuperaram da infecção pelo coronavírus SARS-CoV-2 mais 201 pessoas, num total de 36.984​. Há 12.741 casos activos de infecção, menos 49 que no sábado — este indicador está a descer desde o início da última semana de Julho, mais precisamente desde segunda-feira. A taxa de letalidade global da doença é de 3,4%.

A região que tem o maior número acumulado de casos no país continua a ser Lisboa e Vale do Tejo – ao todo, são 26.323​ os infectados (92 nas últimas 24 horas) e 606 mortos por covid-19 (uma nas últimas 24 horas).

O Norte tem 18.780 casos (mais 38) e 828 mortes. Já no Centro foram registados seis novos casos, num total de 4455 infecções e 252 mortes. O Alentejo totaliza 743 casos (sete novos) e 22 mortes.

No Algarve há 887 casos de infecção confirmados (mais oito do que no dia anterior). O número de mortes nesta região mantém-se em 15 pelo menos desde o início de Julho.

A Madeira totaliza 108 casos de infecção (dois novos) e nenhuma morte. Já os Açores registam 167 casos e 15 mortes desde o início da pandemia.

Olhando para o indicador da distribuição das infecções por concelho, cuja actualização é feita semanalmente às segundas-feiras, é possível perceber que Lisboa tem o maior número de casos confirmados (4408), seguida de Sintra (3695 casos), da Amadora (2185) e Loures (2284). Vila Nova de Gaia (1805), Odivelas (1512), Porto (1447), Matosinhos (1316), Cascais (1382) Braga (1269), Gondomar (1107), Vila Franca de Xira (1026 casos) e Oeiras (1073) são outros concelhos com mais de mil casos já detectados.

Os dados do relatório da DGS indicam uma exacta equivalência no total de mortes registadas: 869 mulheres e 869 homens. A morte registada nas últimas 24 horas é referente a um homem com idade compreendida entre os 60 e os 69 anos.

A covid-19 é mais mortal na faixa etária acima dos 70 anos: a doença matou 1502 pessoas com estas idades, ou seja mais de 86% das mortes registadas em todas as faixas etárias. Ainda assim, é nas camadas mais jovens que se detectam mais casos de infecção. Entre os 10 e os 49 anos, já foram confirmados 27.167 casos (91 nas últimas 24 horas).

1
1