Um jogo que teve de tudo: expulsões, penáltis, golos, incerteza no resultado e um herói improvável. E, no final, Casillas ajudou Danilo e Sérgio Conceição a levantar a Taça de Portugal.