ionline.sapo.ptionline.sapo.pt - 2 ago 11:35

Regresso de José Sócrates agita PS

Regresso de José Sócrates agita PS

Ex-líder reentrou em cena para ajudar Joaquim Barreto, que garante que nada teve a ver com um regresso à política ativa.

José Sócrates saiu do PS há mais de dois anos, mas continua a influenciar a vida interna do partido. O ex-líder socialista envolveu-se nas eleições para a distrital de Braga e terá influenciado a reeleição de Joaquim Barreto. «Quero aqui agradecer ao engenheiro José Sócrates, pessoa que nunca abandonei e com quem mantive sempre contacto, pelo apoio que, em Barcelos, nos deu nesta campanha», disse Barreto, após mais uma vitória para a liderança da distrital.

Barreto, deputado do PS, disputou as eleições com Ricardo Costa, vereador na Câmara de Guimarães, a 18 de julho, e venceu com uma diferença de 531 votos. Sócrates, de acordo com o Público, entrou em cena três semanas antes. O ex-primeiro-ministro almoçou, na Ericeira, com Joaquim Barreto e Miguel Costa Gomes. O objetivo era convencer o presidente da Câmara de Barcelos a «desmobilizar» no apoio a Ricardo Costa, diz ao SOL um socialista. «Barcelos era fundamental e houve uma grande desmobilização», acrescenta. Outro socialista garante que Sócrates «tentou influenciar as pessoas mais próximas a apoiar Barreto» e continua «preocupado em manter uma rede de contactos no PS».

Joaquim Barreto garante, porém, que é tudo especulação. O deputado e líder da distrital de Braga diz ao SOL  que tem uma «boa relação» com Sócrates, mas garante que «tudo o que se especule ou se relacione com questões de ordem política é mentira, tudo errado, não tem a nada a ver uma coisa com a outra». Sócrates e Barreto são amigos «há muitos anos», lembra um deputado do PS. Quando o primeiro-ministro estava na prisão de Évora, Joaquim Barreto visitou-o e garantiu publicamente que acreditava na sua inocência.

1
1