desporto.sapo.ptdesporto.sapo.pt - 1 ago 21:28

Bartomeu e o caso Arthur: "É um ato de indisciplina inaceitável"

Bartomeu e o caso Arthur: "É um ato de indisciplina inaceitável"

O presidente do Barcelona abordou a ausência do jogador no regresso aos trabalhos dos 'catalães'....

A decisão de Arthur não regressar ao Barcelona depois das mini-férias no Brasil, e como seria de esperar, não caiu nada bem junto da direção dos 'catalães', algo que Josep Maria Bartomeu deixou bem claro numa entrevista ao jornal espanhol 'Sport'.

O líder do Barcelona considera que a atitude do brasileiro é uma falta de respeito para o clube.

"O que Arthur fez é uma falta de respeito para os seus companheiros, porque a equipa quer mostrar-se bem na Champions. E também para o clube. Não é lógico que a jogar um título tão importante, um jogador decida excluir-se. É injustificável e totalmente incompreensível", afirmou.

Arthur já não regressa ao Barcelona e quer rescindir já o contrato Ver artigo

Admitindo que era um jogador com importância na equipa, Bartomeu relembra que o clube chegou a acordo com o jogador para que permanecesse no clube até terminar a Liga dos Campeões, mas que tal não se concretizou, sem qualquer argumento aceitável por parte do jogador.

"(...) Não regressou no final das mini-férias. É um ato de indisciplina inaceitável. E por isso é que iniciamos um procedimento disciplinar, porque não há nenhum argumento que justifique a sua ausência. Ligou e disse 'não vou voltar, fico no Brasil'. É a sua decisão, ninguém lhe deu permissão", rematou.

No passado dia 29 de junho, o Barcelona confirmou a transferência de Arthur a troco de 72 milhões de euros.

1
1