expresso.ptexpresso.pt - 1 ago 16:28

Testemunho de uma jovem de 29 anos: “Sou autista. É um alívio”

Testemunho de uma jovem de 29 anos: “Sou autista. É um alívio”

Sara Rocha, data manager na Universidade de Cambridge, só há pouco tempo foi diagnosticada com transtorno do espectro do autismo. Neste testemunho ao Expresso, partilha as dificuldades que sentiu desde criança e lamenta anos de incompreensão

Aos cinco anos, folheava e devorava livros atrás de livros. A minha família ainda hoje faz a piada que raramente sabiam se eu estava em casa. Se havia livro, não havia Sara. Pensavam que eu apenas via as imagens, visto que nunca me tinham ensinado a ler, até que a minha mãe descobriu que eu realmente compreendia a história. A falta de carinho e socialização que muitas vezes eu demonstrava foi passando como timidez e o facto de eu não responder ao meu nome era tido como distração com os livros. No Natal, eu abria as prendas com a felicidade típica de qualquer criança, mas raramente brincava com o que quer que fosse.

Visto que eu apenas gostava do sabor doce, era difícil comer o que devia, e levaram-me ao médico com medo que eu passasse fome. Uma luta de anos para eu comer decentemente apenas me deu o nome de “picuinhas” ou mimada.

Este é um artigo do semanário Expresso. Clique AQUI para continuar a ler.

1
1