www.sabado.ptleitores@sabado.cofina.pt (Sábado) - 1 ago 13:00

Sobre ouriços e raposas

Sobre ouriços e raposas

Eis uma distinção possível entre os seres humanos. Existem aqueles que perseguem um único princípio explicativo, capaz de ordenar o caos que nos rodeia. E existem aqueles que perseguem fins distintos, por vezes contraditórios entre si, abandonando qualquer pretensão de sistema - Opinião , Sábado.
Sou uma raposa, filho de raposas. Não enlouqueci, embora com uma introdução destas o leitor possa pensar que sim. Em minha defesa, trago Isaiah Berlin para a conversa e o ensaio que a Guerra & Paz, com irretocável bom gosto, acaba de publicar entre nós.
O título é O Ouriço e a Raposa, foi escrito em 1953 e retoma uma distinção do poeta grego Arquíloco. "A raposa sabe muitas coisas, mas o ouriço sabe uma coisa muito importante." capa Assine já a Sábado digital por 1 euro para ler este artigo no ePaper ou encontre-o nas bancas a 29 de julho de 2020.
Se já é assinante, faça login e leia o artigo diretamente no ePaper da SÁBADO.
1
1