rr.sapo.ptrr.sapo.pt - 2 ago 00:49

Adjunto de Conceição diz que dragões "foram gigantes" que "encarnam o povo do Norte"

Adjunto de Conceição diz que dragões "foram gigantes" que "encarnam o povo do Norte"

Vítor Bruno prestou declarações à imprensa depois da conquista da Taça de Portugal, uma vez que o treinador principal, Sérgio Conceição, foi expulso durante a partida.

O treinador adjunto do Futebol Clube do Porto Vítor Bruno considera que os jogadores que este sábado à noite conquistaram a Taça de Portugal "foram gigantes" e demonstraram "uma capacidade de trabalho incrível, em circunstâncias difíceis".

"Faltaram-nos os adeptos, faltou-nos o treinador. Sem adeptos era difícil, sem treinador principal ainda mais difícil se tornou, ficaram os 11 heróis dentro de campo, mais os que estavam na bancada que muito ajudaram", disse, aludindo à expulsão do técnico principal Sérgio Conceição.

Vítor Bruno destacou ainda os "valores do grupo, que encarna o povo do Norte, um povo leal, humilde, nobre e que nunca vira a cara à luta".

Numa retrospetiva do jogo, Bruno considerou que "atè à expulsão [de Luis Díaz], o Porto dominou e conseguiu manietar o Benfica. Depois da expulsão foi preciso tocar a reunir".

Questionado em particular sobre a prestação de Mbemba, autor dos dois golos dos azuis e brancos, Vítor Bruno recordou que o jogador "passou um momento difícil no Porto, inicialmente não era utilizado", lembrando ainda "Marcano que merecia estar aqui hoje".

O FC Porto somou este sábado a oitava "dobradinha" da sua história, ao conquistar em Coimbra a final da 80.ª edição da Taça de Portugal, frente ao Benfica (2-1), depois de já ter arrebatado o campeonato.

1
1