www.jornaldenegocios.ptjornaldenegocios.pt - 1 jul 09:42

EUA compram quase toda a reserva do medicamento que combate a covid-19

EUA compram quase toda a reserva do medicamento que combate a covid-19

Os Estados Unidos compraram à farmacêutica norte-americana Gilead Sciences quase todo o stock disponível do seu medicamento que ataca a covid-19, o Remdesivir. - Economia , Jornal de Negócios.

Os Estados Unidos compraram quase toda a reserva para três meses do medicamento Remdesivir, à farmacêutica que o produziu, a Gilead Sciences, de acordo com o departamento da Saúde norte-americano. 

Donald Trump adquiriu "500 mil ciclos de tratamento do medicamento para hospitais americanos até setembro", que representa 100% da produção prevista pela empresa que o fabricou em julho, 90% da produção para agosto e 90% da produção esperada para setembro, segundo o comunicado divulgado. Assim, nenhuma outro país terá acesso ao medicamento.

O departamento da Saúde disse ainda que são utilizadas cerca de 6,25 ampolas do medicamento em cada ciclo de tratamentos. 

O regulador do medicamento norte-americano emitiu uma "autorização de emergência" em maio para tratar com Remdesivir os doentes com covid-19 mais graves, apesar de na altura os estudos científicos realçarem que a sua eficácia não é clara para o tratamento da doença respiratória aguda, provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2.

O medicamento foi desenvolvido pela multinacional farmacêutica norte-americana Gilead Sciences para tratar doenças como Ébola e Síndrome Respiratória do Médio Oriente (MERS), esta última também causada por um coronavírus, mas diferente do da covid-19.

O medicamento já é utilizado em Portugal, sob condições estritas, devendo a Comissão Europeia aprovar a recomendação da agência nesta semana. 


1
1