www.publico.ptpublico.pt - 30 jun 18:59

PSD Lisboa pede demissão de Medina, PS fala em “circo político”

PSD Lisboa pede demissão de Medina, PS fala em “circo político”

PSD diz que o autarca de Lisboa é uma das chefias que falhou no combate à covid-19. Socialistas devolvem na mesma moeda, acusando Luís Newton de ter autorizado arraiais durante as festas da cidade.

O grupo do PSD na Assembleia Municipal de Lisboa diz que Fernando Medina “deverá ser consequente com as suas palavras e ser o primeiro a demitir-se”. Num comunicado em reacção às declarações que o presidente da Câmara de Lisboa fez na segunda-feira na TVI24, em que criticou fortemente as autoridades pela resposta à crise pandémica, o líder da bancada social-democrata Luís Newton acusa Medina de ser ele próprio uma das chefias que nada fez para conter a covid-19.

O PSD afirma que Medina “demorou semanas a aceitar a desinfecção de espaços públicos”, “não preparou a Carris para o período de distanciamento social”, “encorajou um desconfinamento relaxado” e, entre outras coisas, “não quis distribuir máscaras à sua população, facto que teria sido fundamental para evitar propagação, por exemplo, nos bairros municipais”.

Para Luís Newton, o autarca de Lisboa não teve agora um “súbito acesso de consciência para proteger as suas populações”, antes reagiu “na sequência da desavença do primeiro-ministro com os técnicos de saúde na última reunião do Infarmed”. 

O líder da bancada social-democrata já tinha acusado Medina, numa assembleia municipal, de ser “uma nulidade” na resposta à crise, nomeadamente por ter rejeitado distribuição de máscaras e o lançamento de testes maciços, como fez Cascais. O presidente da câmara disse que tais propostas eram “demagógicas” e “populistas”.

“Responsável sem credibilidade”

Em resposta já ao fim da tarde, a concelhia do PS em Lisboa acusou Luís Newton de ter montado um “circo político” para fins eleitorais. “Foi o habitual número político vindo de um responsável autárquico sem qualquer credibilidade, inclusive no seu partido, e que coloca os seus interesses pessoais e políticos acima dos da cidade”, diz o comunicado enviado às redacções.

Para os socialistas, as críticas de Newton só se entendem por este ser candidato à concelhia social-democrata e por estar mais empenhado na campanha interna do PSD do que na sua tarefa autárquica”. O PS diz mesmo que o autarca do PSD, que preside à junta da Estrela, foi o “​único presidente de junta de freguesia de toda a cidade que autorizou e licenciou arraiais durante as festas de Lisboa” e que estes ​“só não se realizaram por proibição directa da câmara municipal​”.​

1
1