pplware.sapo.ptpplware.sapo.pt - 29 jun 18:00

Empresa chinesa diz que a sua vacina contra a COVID-19 é eficaz em humanos

Empresa chinesa diz que a sua vacina contra a COVID-19 é eficaz em humanos

A empresa China National Biotec Group anunciou que os primeiros resultados dos testes feitos a humanos da sua vacina sugerem que esta é segura e eficaz.

Desde que esta pandemia tomou conta das nossas vidas que todos nós ansiamos por uma única coisa: a vacina que irá tratar a COVID-19. Nunca em nenhuma outra situação a corrida pelo desenvolvimento do tratamento foi tão renhido, mas também nunca tão rápido se conseguiu avanços neste segmento.

Agora a empresa China National Biotec Group anunciou que os primeiros resultados dos testes feitos a humanos da sua vacina sugerem que esta candidata é segura e eficaz.

É a primeira vez, desde sempre, que uma vacina contra um vírus será desenvolvida em tempo recorde. E realmente é o que todos nós mais aguardamos e desejamos.

As boas notícias começam a chegar aos poucos e poucos. Felizmente já houve alguns avanços nesta área, e várias vacinas estão na corrida para serem as escolhidas como tratamento para a COVID-19.

Vacina chinesa candidata ao tratamento da COVID-19 mostra-se eficaz em humanos

A empresa China National Biotec Group (CNBG) é uma das que está a desenvolver vacinas candidatas a esta corrida frenética pelo tratamento do coronavírus. E neste domingo anunciou que os primeiros resultados dos testes feitos a humanos sugerem que uma das suas vacinas pode ser eficaz e segura.

De acordo com a Reuters, a dose experimental, realizada por uma unidade da CNBG em Pequim, induziu um elevado nível de anticorpos em todos os participantes. Tratou-se de um ensaio clínico que evolveu 1 120 pessoas saudáveis, segundo os dados preliminares do ensaio. Esta informação foi partilhada pela empresa na rede social chinesa WeChat mas sem adiantar mais informações.

A empresa e os investigadores chineses foram autorizados a testar 8 vacinas candidatas em humanos, o que torna a China numa das principais candidatas à corrida pelo desenvolvimento da vacina que vai tratar a COVID-19.

Para além desta vacina, a empresa, que pertence a Grupo Nacional de Farmácias da China (Sinopharm) afirmou no início de junho que há ainda outra candidata a vacina a ser desenvolvida na unidade de Wuhan. E também esta conseguiu ativar, com segurança, um elevado nível de anticorpos nos participantes durante os ensaios clínicos, de acordo com os resultados preliminares.

Para se tornar ainda mais segura, estas vacinas devem passar por uma 3ª fase onde milhares de participantes são recrutados para depois serem disponibilizadas para venda.

A CNBG afirmou na passada terça-feira que vai avançar para a 3ª fase com uma das suas candidatas, nos Emirados Árabes Unidos. Mas a empresa não especificou qual das suas vacinas será a escolhida para este processo.

Ainda de acordo com a Reuters, outra vacina candidata, desenvolvida pelas formas armadas da China e pela unidade de pesquisa CanSino Biologics, foi recentemente aprovada para uso militar o país asiático.

1
1