Pela minha parte acredito que os abraços e beijinhos escritos talvez protejam os abraços e beijinhos sinceros, já que os meramente físicos, antes do coronavírus, eram cada vez mais falsos e nominais.