www.publico.ptpublico.pt - 23 mai 19:36

Uma goleada e nove minutos de pânico para o Bayern

Uma goleada e nove minutos de pânico para o Bayern

Bávaros mantêm vantagem de quatro pontos sobre o Borussia depois de vitória por 5-2 sobre o Eintracht.

O ritual repetiu-se em todos os estádios da Bundesliga, também no Allianz Arena. Houve um minuto de silêncio em memória dos que morreram com o novo coronavírus. Um silêncio ainda mais ensurdecedor por ser num estádio vazio, cumprido com rigor pelos jogadores, dispostos em círculo no centro do relvado, e pelas restantes dezenas que estavam autorizados a estar ali.

Este será o novo normal do futebol nos próximos tempos. Mas o Bayern Munique quer manter a normalidade desportiva na Bundesliga e foi o que fez neste sábado, com um triunfo por 5-2 sobre o Eintracht Frankfurt, mantendo a vantagem de quatro pontos para o Borussia Dortmund (também triunfante nesta jornada), antes de se encontrarem na próxima terça-feira.

Durante mais de metade do tempo, pareceu um jogo sem grande história para contar, com os bávaros a fecharem a primeira parte com uma vantagem por 2-0 (Goretzka, 17’, e Muller, 41’), fazendo o 3-0 logo no início da segunda parte, pelo inevitável Lewandowski. Tudo tranquilo para o lado bávaro e pouca resposta da parte do Eintracht, que tinha o português André Silva titular na frente de ataque.

Mas o Bayern perdeu o controlo do jogo durante nove minutos. Em duas bolas paradas, o defesa Martin Hinteregger fez dois golos (52’ e 55’) e, de repente, o Eintracht voltou à luta pelo resultado. Foram nove minutos de pânico para o Bayern, que só recuperou a tranquilidade aos 61’, com o 4-2 feito pelo canadiano Alphonso Davies. Depois, aos 74’, foi Hinteregger a desviar para a própria baliza um remate que tinha sido defendido pelo guardião Kevin Trapp, fechando as contas do marcador.

Com este triunfo, o Bayern passou a 61 pontos, mais quatro que o Borussia Dortmund, que venceu o seu jogo desta 27.ª ronda, um 0-2 no terreno do Wolfsburgo. 

1
1