expresso.ptexpresso.pt - 23 mai 17:51

O que se sabe sobre as regras para ir a banhos?

O que se sabe sobre as regras para ir a banhos?

O novo regulamento das praias está por publicar, e a 15 dias da abertura oficial da época balnear ainda há muito por afinar
1 Quando começa a época balnear?

Abre oficialmente a 6 de junho, mas a data não é certa para todas as praias e algumas só abrem em julho. Ainda não saiu a portaria que fixa a época balnear por praia, com garantia de presença de nadadores-salvadores, nem foi publicado o regulamento aprovado há uma semana pelo Governo. Mas já se pode ir a praias não interditadas pelas autarquias cumprindo o manual de regras orientadoras.

2 Como vai funcionar a sinalização de lotação das praias?

Haverá uma sinalética de cores (verde, amarelo e vermelho) uniforme, que vai estar visível à entrada de cada praia e na aplicação “Info Praia”. O uso de câmaras de vigilância, a contabilização de concentração de telemóveis ou a observação visual, indicados pelo ministro do Ambiente como formas de verificar o cumprimento das regras de lotação e distanciamento, ainda estão a ser operacionalizados. A Agência Portuguesa do Ambiente continua a afinar a aplicação do regulamento, em articulação com os concessionários, as autarquias, a Autoridade Marítima e a Fundação Vodafone (que gere as 68 beach cams existentes).

3 Quando começa a funcionar a app “Info Praia”?

Supostamente só a 6 de junho. Após o anúncio de que a app é essencial para ver se vale a pena a deslocação até à praia, o número de pessoas a descarregá-la disparou. Para já, só se encontram dados sobre a qualidade das águas e as características da praia. A 1 de junho arranca uma campanha de sensibilização sobre os comportamentos a adotar.

4 Há nadadores--salvadores suficientes?

O Instituto de Socorros a Náufragos garante que sim. Há 7610 com certificados válidos, porque os de 2019 foram prolongados até outubro de 2020. Mas alguns concessionários e autarcas temem que haja poucos disponíveis devido ao prolongamento da época de aulas e exames e ao facto de não virem este ano nadadores-salvadores de outros países.

5 Os militares vão andar no areal?

Além da Polícia Marítima, a Marinha vai disponibilizar 150 elementos para fazerem sensibilização aos banhistas. Nas praias não vigiadas vão circular 30 viaturas e 60 elementos com formação em primeiros socorros.

1
1