expresso.ptexpresso.pt - 23 mai 17:59

Malo Clinic volta a pedir ajuda ao Novo Banco

Malo Clinic volta a pedir ajuda ao Novo Banco

Mais de 20 médicos abandonaram a empresa desde a entrada da Atena Equity Partners. O novo acionista desvaloriza e confia na recuperação

A Malo Clinic (MC), que em 2019 obteve do Novo Banco (NB) um perdão de dívida de €27 milhões, voltou a pedir o apoio daquela instituição financeira. A empresa, agora detida pelo fundo Atena Equity Partners, solicitou ao banco um financiamento ao abrigo das linhas covid-19, para fazer face a problemas de tesouraria. Mas o crédito ainda não chegou à empresa.

“As empresas que foram forçadas a suspender a atividade em virtude desta crise solicitaram generalizadamente acesso à Linha de Apoio à Economia Covid-19 junto dos seus bancos principais, e a MC não foi exceção. O Novo Banco aprovou um novo apoio financeiro à MC ao abrigo desta linha, sujeito à aceitação da sua candidatura pela SGM [sociedade de garantia mútua]”, diz ao Expresso o presidente executivo da Atena, João Santos. A MC est�� à espera que a linha “volte a estar disponível, para que este apoio possa ser concedido”, acrescenta o gestor. A MC também avançou para um lay-off, pela via normal, mas “não recebeu ainda qualquer compensação da Segurança Social”.

Este é um artigo exclusivo. Se é assinante clique AQUI para continuar a ler. Para aceder a todos os conteúdos exclusivos do site do Expresso também pode usar o código que está na capa da revista E do Expresso.

Caso ainda não seja assinante, veja aqui as opções e os preços. Assim terá acesso a todos os nossos artigos.

1
1