rr.sapo.ptOpinião de Ribeiro Cristovão - 22 mai 06:58

O primeiro mau sinal

O primeiro mau sinal

Na Alemanha, o recomeço da Bundesliga teve como consequência a lesão de oito jogadores nos jogos realizados na jornada passada. E essa circunstância terá seguramente muito a ver com a interrupção de actividade por período de tempo tão dilatado.

O estado físico dos jogadores que vão tomar parte na ponta final do campeonato não tem sido objecto de grandes reparos. No entanto, convirá não esquecer que esse assunto não pode deixar de ser rodeado de especial cuidado, atendendo às condições em que tudo vai processar-se.

Os atletas estiveram parados dois meses seguidos resumindo a sua actividade, em alguns poucos casos, a exercícios físicos individuais que pouco terão adiantado para a manutenção do estado de cada um.

Todos sabemos que em situação normal os jogadores descansam um mês, normalmente em Junho, para recomeçarem no início de Julho. E a partir daí a preparação gradual das equipas contempla também diversos jogos de preparação o que, perante a realidade que vivemos, é completamente impossível.

Com tão escassa preparação, pois o campeonato regressa daqui por catorze dias, há que ter especial cuidado com aspectos tão delicados.

E o primeiro mau sinal chegou-nos ontem do Futebol Clube do Porto com a lesão de Marcano, central portista, a quem a idade de 33 anos vai ajudar menos à recuperação.

O jogador espanhol tem sido um dos mais influentes da equipa comandada por Sérgio Conceição, acrescentando à sua regularidade a obtenção de oito golos nos desafios disputados até aqui, o que o torna o sexto melhor marcador da equipa.

Porque a sua paragem deverá chegar aos seis meses, a lesão de Marcano representa um prejuízo considerável para a colectividade portista, dada a influência que tem mantido na equipa dos dragões desde o seu regresso no início da temporada.

E se não houver cuidado, outras más notícias deste teor poderão chegar ao nosso conhecimento dentro de prazos mais ou menos curtos.

1
1