pplware.sapo.ptpplware.sapo.pt - 26 mar 02:00

Pesquisa do Windows 10 vai consumir ainda menos CPU e memória

Pesquisa do Windows 10 vai consumir ainda menos CPU e memória

A Microsoft trouxe boas notícias e em breve o comportamento da pequisa vai mudar, passando a consumir menos CPU e memória no Windows 10

A pesquisa do Windows 10 é conhecida por consumir CPU e memória nos momentos menos oportunos. Esta componente é essencial, mas tem problemas graves de desempenho e até de integração com o próprio sistema operativo.

Esta parecia ser uma guerra perdida e que obrigava os utilizadores a simplesmente terem de aprender a viver com este comportamento. A Microsoft veio agora trazer boas notícias e em breve este comportamento vai mudar, passando a consumir menos CPU e memória

Um problema grande no Windows 10

Todos sabem bem da utilidade da pesquisa do Windows 10. É a ele que recorremos sempre que queremos achar um ficheiro sem perder tempo a navegar em pastas infindáveis. Basta escrever parte do nome ou do conteúdo e ele rapidamente aparece.

Claro que esta funcionalidade tem um preço, que está a ser alto de mais para os utilizadores. A indexação dos ficheiros é feita de forma automática e silenciosa, percorrendo as pastas mais comuns dos utilizadores, recolhendo certamente tudo o que acha.

Consumo elevado de CPU e memória

O problema, que tem sido diversas vezes relatado e constatado, está nos momentos em que esta é feita. O Windows 10 simplesmente inicia estes processos, elevando 0s consumos de CPU e memória para valores perto dos 100%, consumindo recursos essenciais para a utilização normal do PC.

O que a Microsoft veio agora anunciar parece simples e mudará por completo este problema. A indexação da pesquisa irá respeitar os momentos de utilização do Windows 10 e apenas quando este estiver parado será realizada. Assim, os consumos não têm impacto nos utilizadores.

Microsoft tem a solução em breve

Apesar de ser urgente e muito pedida, esta novidade só surgirá mais tarde no ano. Vamos em breve (espera-se) ter a chegada da atualização 20H1 do Windows 10, sendo depois iniciados estes trabalhos. Só na atualização 20H2 se poderá entretanto ver esta melhoria.

Caso consiga, a Microsoft vai melhorar de sobremaneira uma das maiores queixas do Windows 10. É um dos elementos que mais CPU e memória consome, quase sempre em momentos inoportunos e com impacto no desempenho deste sistema.

1
1