www.dinheirovivo.ptdinheirovivo.pt - 26 mar 17:36

Fábricas de calçado estão a produzir máscaras para doar

Fábricas de calçado estão a produzir máscaras para doar

Iniciativa partiu de Luis Onofre e foi prontamente seguida por cerca de uma dezena de empresas. Processo está a ser coordenado pelo Centro Tecnológico

Há já várias empresas de calçado, de Felgueiras, de Oliveira de Azeméis e de S. João da Madeira estão a substituir, temporariamente, a produção de sapatos pelo fabrico de máscaras. O objetivo passa por doar esses equipamentos técnicos para profissionais da área da saúde e lares.

A iniciativa partiu de Luís Onofre, que é, também, presidente da associação do calçado, e a adesão tem sido muita. “Temos uma dezena de empresas envolvidas já neste movimento espontâneo, mas vão ser seguramente muitas mais, dado que, só nas últimas horas, tivemos uma série de outras empresas a pedirem informações sobre o processo, que está a ser coordenado pelo Centro Tecnológico do Calçado de Portugal, de acordo com as especializações técnicas divulgavas pela Unidade de Saúde Pública”, explicou, ao Dinheiro Vivo, o diretor de comunicação da APICCAPS, Paulo Gonçalves.

De entre as empresas já envolvidas, destaque, ainda, para a Atlanta – Componentes para Calçado, Lda, da Lixa, para a Calçado VS – Vitorino da Silva Coelho, Lda, de Oliveira de Azeméis, e para o próprio Centro de Formação Profissional do Calçado. Para já, a capacidade instalada aponta para uma produção diária da ordem das 10 mil máscaras por dia, mas este número “vai, seguramente disparar na próxima semana, à medida que um número alargado de empresas que estão a reunir a informação técnicas necessária arranque com a produção”.

Estas máscaras vão ser doadas a hospitais, lares e instituições de solidariedade social.

1
1