pplware.sapo.ptpplware.sapo.pt - 26 mar 22:02

Zoom: 5 cuidados a ter na utilização da plataforma em teletrabalho

Zoom: 5 cuidados a ter na utilização da plataforma em teletrabalho

Conheçam 5 cuidados a ter na utilização de uma das plataformas mais populares para teletrabalho, o Zoom.Atenção que esta plataforma não é perfeita.

A era é de teletrabalho e a culpa é da COVID-19. Plataformas para realizar teletrabalho, mas é preciso algum cuidado na sua utilização. Uma câmara ou microfone ativo é quanto basta para colocar em causa a nossa privacidade.

Conheçam 5 cuidados a ter na utilização de uma das plataformas mais populares para teletrabalho, o Zoom.

O Zoom é uma das plataformas de eleição para a interação com colegas de trabalho. Eusebio Nieva, director técnico da Check Point para Espanha e Portugal, refere que “Como com qualquer tecnologia popular, esta aplicação de videoconferências oferece inumeráveis benefícios que permitem aos empregados manter as suas actividades diárias, mas também supõe riscos para a informação que se partilha”.

A Check Point Software deixa 5 cuidados a ter em conta ao utilizar esta plataforma de comunicação.

#1 – Atualizar o software da plataforma

Para manter os mais elevados níveis de segurança, é importante assegurar que está a usar a última versão disponível do programa, bem como realizar atualizações de forma.

Ao fazê-lo, não só obtém novas opções e funcionalidades, como também instala pacotes de segurança para colmatar falhas de segurança detetadas.

#2 -Utilizar um nome de utilizador e uma password

A investigação da Check Point relativa à segurança do Zoom mostrou como um atacante podia adivinhar números aleatórios associados às URL de uma conferência e penetrar nelas sem alertar os anfitriões. Esta vulnerabilidade acontecia em conversações estabelecidas sem password, o que uma vez mais demonstra a importância de utilizar password como primeiro nível de segurança.

Após a resolução desta falha, a Zoom adotou novas medidas, utilizando passwords de forma automática em todas as reuniões programadas. A combinação da password e o número de chamada é sinónimo de proteção.

#3 – Utilizar formas seguras de convidar os participantes

Esta aplicação oferece distintas formas de convidar novos participantes, como copiar o URL da chamada e partilhar com qualquer contacto. Esta opção não requer password para entrar, o que significa oferecer poucas garantias.

Os especialistas da Check Point recomendam utilizar sempre ol método seguro, que inclui o envio do identificador de chamadas e a password da chamada, bem como conectar-se ao Zoom através de SSO (Single Sign On) para um maior nível de segurança.

#4 – Gerir o acesso dos participantes

Incluindo se decidimos utilizar a opção de partilhar links menos seguros, podemos evitar que os participantes mostrem conteúdos inapropriados restringindo o uso da câmara por parte dos participantes. O administrador da conversação pode decidir quem pode usar a sua câmara e o seu microfone clicando em “Administrar participantes”.

Outra forma de controlar quem entra na chamada é a opção de “Waiting room” em que um gestor cria uma ‘sala de espera’ através da qual os participantes podem conectar-se, mas só se o gestor de chamadas confirmar os participantes um por um ou em grupo. Isto pode ser feito no menu de arranque “advanced options” quando se pretende programar uma chamada.

#5 – Assumir que o Zoom não oferece privacidade absoluta

Esta aplicação permite gravar chamadas de vídeo e exportar quando termina a chamada. É uma ferramenta muito útil quando se quer partilhar informação com outras pessoas que não puderam assistir à reunião. Isto também pressupõe um problema, já que qualquer um pode exportar a gravação, o ficheiro pode cair nas mãos erradas.

Para reduzir riscos, o administrador de chamadas pode decidir que participantes podem gravar a chamada através da opção “Allow Record”. Isto só protege do uso indevido da aplicação, mas pode-se utilizar algum software externo para gravar a conversação, porque não é possível garantir a 100% a privacidade.

ZOOM[/botao]

Leia também…

TOP 5: Plataformas fantásticas para reuniões e aulas online

1
1