www.publico.ptpublico.pt - 25 mar 18:47

Dani Alves pede a Bolsonaro que pense no povo brasileiro

Dani Alves pede a Bolsonaro que pense no povo brasileiro

Ex-Barcelona, Juventus e PSG, o capitão da selecção canarinha, actual jogador do São Paulo, adverte Presidente da República para a importância de respeitar a pandemia de covid-19.

O “capitão” da selecção brasileira de futebol, Dani Alves, interpelou esta quarta-feira o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, acusando-o de não pensar no bem do seu povo quando desvaloriza a pandemia de covid-19.

“Senhor Presidente, respeito muito a sua presidência, respeito-o muito, mas são muitas famílias e muitas pessoas a trabalhar em prol do combate à pandemia e o senhor, como a pessoa mais importante deste país, deveria também prezar pelo bem do nosso país e do nosso povo”, afirmou o futebolista mais titulado da história do futebol.

Bolsonaro voltou a desconsiderar a pandemia que está a inquietar o mundo, garantindo que se apanhasse a covid-19 “nada sentiria”, resumindo-a a uma simples “gripezinha”.

“É um momento muito difícil para o mundo e para a nossa população. Não devemos menosprezar essa situação, sobretudo se não temos uma cura”, reprovou o defesa que se notabilizou no FC Barcelona, no qual jogou de 2008 a 2016.

Bolsonaro, que deseja ter somente os mais velhos e doentes de quarentena, entende que “se a política de isolamento continua” o país terá “o caos e o vírus juntos”, desaprovando os governadores estaduais e autarcas que implementaram regras de isolamento social.

“Como um humilde cidadão, eu venho expressar a minha opinião, pois não quero viver sem poder partilhar momentos com as pessoas nem viver com medo delas! Que Deus abençoe o Brasil e o mundo!”, concluiu o actual jogador do São Paulo, de 36 anos, com a “hashgtag” “fique em casa por amor ao próximo”.

O Presidente do Brasil tem contrariado, sistematicamente, as recomendações a Organização Mundial de Saúde, considerando prioritário manter os empregos e a economia a funcionar em detrimento da saúde pública, sendo duramente criticado por médicos, especialistas e líderes de diversos partidos.

Até terça-feira o Brasil tinha admitido oficialmente 2201 casos confirmados de novo coronavírus e 46 mortes, sendo que 40 foram no estado de São Paulo - as autoridades sanitárias esperam o pico da pandemia para o fim de Abril.

Neymar, Philippe Coutinho, Gabriel Jesus, Alisson, Arthur Melo, “Gabigol” e Everton são alguns dos internacionais brasileiros que nos últimos tempos têm publicado fotos a fazerem exercícios em casa e a aconselharem a população a proteger-se.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infectou perto de 428 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 19.000.

1
1